Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/1122
Título: Ultrafiltração directa de águas superficiais turvas na ETA de Alcantarilha
Autor: Ribau Teixeira, Margarida
Lucas, Helena
Rosa, Maria João
Palavras-chave: Ultrafiltração
Águas para consumo humano
Ajuste de pH
Matéria orgânica natural
Pré-tratamento
Data: 2002
Editora: Associação Portuguesa de Recursos Hídricos (APRH)
Citação: Margarida Ribau Teixeira; Lucas, Helena; Rosa, Maria João. Ultrafiltração directa de águas superficiais turvas na ETA de Alcantarilha. Trabalho apresentado em 6º Congresso da Água. In Actas do 6º Congresso da Água, Porto, 2002.
Resumo: Efectuou-se a ultrafiltração (UF), à escala laboratorial, de águas bruta e decantada da ETA de Alcantarilha para avaliar se, para águas turvas, o ajuste de pH pode substituir o pré-tratamento convencional (pré-ozonização/clarificação) à UF, na produção de água para consumo humano. A água bruta (30-40NTU, UV254nm (indicador de substâncias húmicas) 0.30–0.32cm-1 e COT 2.78–8.02mgC/l) foi permeada a diferentes valores de pH: 4.13, 7.60 (pH natural da água) e 8.33. A água decantada (2.9–5.1NTU, UV254nm 0.03–0.05cm-1 e COT < 3.5mgC/l) foi permeada a 7.48 (pH natural da água). Os resultados mostram que o ajuste de pH aumenta o desempenho da UF directa de águas turvas: os fluxos da UF directa, particularmente a pH básico, aproximam-se dos fluxos de água decantada e a turvação residual da água é equivalente à da UF com pré-tratamento convencional. Relativamente à MON, por acção da pré-ozonização, a presente na água decantada tem um peso molecular inferior e é mais hidrofílica. Assim, a UF directa produz uma água com maior concentração em substâncias húmicas (apesar das rejeições serem maiores), enquanto que em termos de COT a qualidade da água ultrafiltrada a pH ácido é semelhante à produzida por UF de água decantada. Em conclusão, o ajuste de pH parece viabilizar a UF directa de águas superficiais turvas. O efeito do pH é justificado por alteração da carga e tamanho da MON e das interacção membrana – matéria colmatante.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/1122
Aparece nas colecções:FCT2-Artigos (em revistas ou actas indexadas)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo_Ribau Teixeira et al.pdf133,12 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.