Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/1337
Título: Construcción de un cancionero y romancero efímero en la Corte Del III Duque de Calabria
Autor: López Alemany, Ignacio
Data: 2000
Editora: Centro de Estudos Ataíde Oliveira
Citação: López Alemany, Ignacio. Construcción de un cancionero y romancero efímero en la Corte Del III Duque de Calabria. Estudos de Literatura Oral, 6 (2000), pp.139-154.
Resumo: Entre 1525 e 1538, a corte dos duques da Calábria (Fernando de Aragão e Germana de Foix) conheceu um período de esplendor literário e musical que não mais se voltaria a repetir numa corte espanhola não pertencente à Coroa. Alguns dos maiores músicos e escritores deste período viveram sob os auspícios de ambos os vice-reis de Valência, e muitos outros beneficiaram ocasionalmente do mecenato do terceiro duque da Calábria. Tal ambiente literário-musical, juntamente com o gosto da rainha viúva de Fernando I, o Católico, Germana de Foix, pelas festas, saraus e celebrações ao gosto francês favoreceram a paulatina criação duma literatura cortesã de carácter efémero e de circunstância, baseada na recuperação, para os salões, dos populares romances e da lírica de tipo tradicional. Neste tipo de literatura tão extremamente volátil, destacaram-se os poetas valencianos Luis Milán e Joan Fernández de Heredia, artífices dum género de composições poéticas destinadas a dissolver-se entre as gargalhadas dos homens do palácio de Liria.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/1337
Aparece nas colecções:ELO-N06

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
6_Alemany169.pdf182,4 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.