Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/1552
Título: Crise da transferência da formação para o local de trabalho? O papel de variáveis individuais, concepção da formação e do ambiente de trabalho na efetividade da transferência
Autor: Almeida, H.
Palavras-chave: Formação
Transferência
Aplicação
Local de trabalho
Data: 2011
Editora: Universidade do Algarve
Resumo: Após décadas de tentativas de resolução do problema de transferência da formação, poderia parecer que existe um maior sucesso na sua relação teórico-prática. No entanto, até mesmo depois de se terem produzido modelos teóricos, de variáveis que influenciam a transferência (Baldwin & Ford, 1988; Holton, Bates & Ruona, 2000, 2006, entre outros), continuamos a ler estimativas despontadoras de aplicação da formação ao trabalho. Com referência a modelos teóricos como o de Holton et al. (2000) e Naquin & Holton (2002), entre outros) pretende-se avaliar o efeito exercido por determinantes antecedentes– Validade do conteúdo, Oportunidade de aplicar a formação, Auto-eficácia e Motivação para transferir – na transferência da formação (variável de resultado). E, ainda, o efeito mediador das variáveis, Auto-eficácia e Motivação para transferir, na relação entre estes antecedentes (Validade do conteúdo e Oportunidade de aplicar a formação) e a variável critério (transferência da formação). Para o efeito utilizou-se uma amostra constituída por 28 Jardineiros que participaram em diversas acções de formação e a medida Learning Transfer System Inventory – LTSI (desenvolvida por Holton et al., 2000 e validada por Velada, 2007), dois Questionários de Avaliação da Satisfação da Acção de formação e do desempenho do formador e um Questionário para os supervisores. Os dados foram analisados através de equações de regressão lineares múltiplas com recurso ao programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão (16.0). Os resultados obtidos fornecem evidência empírica relativamente aos modelos teóricos de Baldwin e Ford (1988) e Holton (1996, 2006) sugerindo que a transferência da formação é influenciada pelas características dos formandos e por factores de ordem contextual.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/1552
Aparece nas colecções:FEC2-Artigos (em revistas ou actas indexadas)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Crise da transferência da formação para o local de trabalho.pdf280,61 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.