Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/1567
Título: Sub-produtos de desinfecção da água: síntese e caracterização espectroscópica, implementação de metodologias analíticas e estudo da actividade genotóxica
Autor: Rebola, Marlene da Conceição Calça
Orientador: Cardoso, Ana Sofia
Antunes, Alexandra
Silva, Maria João
Miguel, Maria Graça
Palavras-chave: Hidrocarbonetos aromáticos policlínicos
Água
Sub-produtos de cloração
Síntese
Genotoxicidade
Metodologias analíticas
Data de Defesa: 2010
Resumo: Desenvolveu-se um método sintético para a preparação de um padrão clorado do benzo[a]pireno, num sistema bifásico (água e n-hexano) utilizando como agente de cloração NaOCl na presença de um catalisador de transferência de fase em meio ácido, com um rendimento de 96%. Paralelamente, recorreu-se a um método que envolveu a utilização de CuCl2 em CCl4, permitindo isolar o produto com um rendimento de 82%. Ambos os métodos conduziram à formação do 6-Cl-BaP, caracterizado por espectrometria de massa, espectroscopia de UV e fluorescência e 1H-NMR, tendo-se recorrido a espectros de correlação homonuclear de protão (COSY) para a atribuição de sinais. Aos compostos, benzo[b]fluoranteno e benzo[k]fluoranteno, aplicaram-se os mesmos métodos de síntese, mas não foi possível preparar nenhum derivado clorado, possivelmente devido à elevada estabilidade química destes compostos. A estabilidade do 6-Cl-BaP em solução estudada a 37ºC por RLC e 1H-NMR, parecem indicar a presença momentânea de uma nova espécie química que poderá resultar de alterações conformacionais ou electrónicas. Aplicou-se a metodologia SPE-RLC-FLD para quantificar o composto 6-Cl-BaP em soluções aquosas. A validação da metodologia foi efectuada através do estudo da linearidade das curvas de calibração, determinação da percentagem de recuperação, e limites de detecção e de quantificação. A percentagem de recuperação da técnica SPE foi de 84,4% e o CV (%) de 12,3%. O LDM calculado foi 0,003μg/L e o LQM foi de 0,0097 μg/L. Os efeitos citotóxicos e genotóxicos do 6-Cl-BaP e BaP foram avaliados em células HepG2 através do teste do vermelho neutro e do ensaio do cometa em condições alcalinas, respectivamente. O ensaio do cometa permitiu identificar lesões no DNA provocadas pelo 6-Cl-BaP para as concentrações 100 e 125 μM. Comparações entre concentrações equimolares dos dois agentes permitem verificar que o derivado clorado apresenta maior efeito genotóxico que o HAP não substituído, para 100 e 125 μM.
Descrição: Dissertação de mest., Engenharia Biológica, Faculdade de Engenharia e de Recursos Naturais, Univ. do Algarve, 2008
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/1567
Designação: Mestrado Integrado em Engenharia Biológica
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado-Eng. Marlene Rebola.pdf988,08 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.