Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/1798
Título: Potencial de utilização de Cistus ladanifer L. na vegetalização de áreas mineiras
Autor: Santos, Erika Silva
Orientador: Abreu, Maria Manuela Silva Nunes Reis
Santos, Maria Cristina Amaral Penas Nabais dos
Fonseca, Maria Leonor Quintais Cancela da
Palavras-chave: Cistus ladanifer
Vegetalização
Fitoestabililização
Área mineira
Dieta mediterrânica
Data de Defesa: 2007
Resumo: A capacidade de tolerância às alterações sazonais e elevadas concentrações de elementos, potencialmente tóxicos, é uma característica importante na distribuição e desenvolvimento da vegetação em áreas mineiras. Devido à representatividade dos ambientes mineiros nomeadamente pela área que ocupam, sua complexidade físicoquímica e geológica e ainda sua história antrópica é da maior importância aumentar a informação base para trabalhos de reabilitação dessas áreas. O presente estudo realizou-se na perspectiva de aumentar o conhecimento sobre a biologia do Cistus ladanifer avaliando seu potencial uso na vegetalização de locais sujeitos à actividade mineira. Comparam-se os solos e as populações de Cistus ladanifer da mina de São Domingos e de dois locais não-contaminados, Pomarão e Serra do Caldeirão. Os elementos seleccionados para o estudo foram o As, Pb, Cu, Hg e Zn por estarem associados à actividade mineira ou abundantes na mineralização. Os resultados mostraram que a distribuição dos elementos químicos nos solos de São Domingos e sua disponibilidade para os organismos dependeu das características do solo e do próprio elemento, tendo sido diferente das restantes áreas. A distribuição interna e acumulação dos elementos nas plantas variaram com o elemento, época de colheita e população. Os elementos acumulados nas folhas afectaram negativamente a área foliar e clorofilas porém, os carotenóides e o teor em azoto e em água não foram influenciados. Face aos teores de elementos considerados tóxicas para as folhas e ao nível de tolerância de cada população, a actividade das enzimas antioxidativas (Catalase, Peroxidase e Superóxido dismutase) apresentou comportamentos diferentes. Pode-se considerar o uso de plantas e sementes de Cistus ladanifer da mina de São Domingos na vegetalização desta área devido a sua capacidade de adaptação a elevados níveis de degradação.
Descrição: Dissertação de mest., Gestão e Conservação da Natureza, Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente, Univ. do Algarve, 2007
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/1798
Designação: Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza.
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Potencial de utilização de Cistus ladanifer na vegetalização.pdf3,86 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos.pdf1,69 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.