Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/1832
Título: A contabilidade dos derivados
Autor: Tomé, José
Rebelo, Sandra
Palavras-chave: Contabilidade de derivados
Data: 1999
Editora: ESGHT, Universidade do Algarve
Resumo: Vivemos num ambiente em constante mutação em que é imprescindível a tomada rápida e tempestiva de decisões, as quais serão facilitadas se a informação necessária relevar fielmente a realidade presente. É este problema aplicado aos instrumentos derivados que trazemos à liça. Porque não existe ainda um modelo consensual de relevação dos mesmos, é imperioso reflectir sobre as teorias existentes com o objectivo de contribuir para a formulação de um critério que se mostre adequado às necessidades dos utentes da informação. Neste sentido pretende-se fazer uma abordagem da problemática da contabilização dos instrumentos derivados, com especial destaque para futuros e opções, centrando a atenção na discussão das principais questões colocadas pelo seu tratamento contabilístico – critérios valorimétricos, fecho de posições, tipo de actuação (especulação vs hedging), arbitragem, tratamento de garantias e de comissões.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/1832
ISSN: 0873-7347
Versão do Editor: http://dosalgarves.com/revistas/N5/5rev5.pdf
Aparece nas colecções:ESG2-Artigos (em revistas ou actas indexadas)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dos Algarves1.pdf219,71 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.