Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/2408
Título: Caracterização da intervenção farmacêutica na prevenção e prestação de cuidados de saúde numa amostra dos concelhos do Algarve
Autor: Marques, Nuno Filipe Ventura de Almeida
Orientador: Martins, Sofia
Ramalhinho, Isabel
Palavras-chave: Cuidados farmacêuticos
Acompanhamento farmacoterapêutico
Intervenção farmacêutica
Farmácia comunitária
Cuidados de saúde
Data de Defesa: 2010
Resumo: A prestação de Cuidados Farmacêuticos e/ou Acompanhamento Farmacoterapêutico insere-se na prestação de serviços diferenciados pelas Farmácias Comunitárias com vista à promoção da saúde. As condições em que decorre, quais os serviços realizados e principais dificuldades sentidas são dados que podem auxiliar na compreensão do caminho a percorrer para que estes serviços sejam cada vez mais uma realidade na maioria das Farmácias Comunitárias em Portugal. Objectivos: Este estudo pretende fornecer um contributo para a caracterização da Intervenção Farmacêutica a nível das Farmácias Comunitárias na região do Algarve e do seu papel na prevenção primária e secundária de algumas doenças de grande prevalência na sociedade actual, bem como na educação e promoção para a saúde. Metodologia: Recorrendo a inquéritos por questionário, recolheu-se informação relevante para o estudo de uma população constituída por 37 Farmácias Comunitárias da região do Algarve. Resultados: Um reduzido número de Farmácias Comunitárias utiliza um sistema de registo do perfil farmacoterapêutico dos seus doentes, apesar da maioria prestar serviços como a monitorização de parâmetros ou a educação para a saúde. A prática de Cuidados Farmacêuticos e/ou Acompanhamento Farmacoterapêutico está implementada em 42,3% das Farmácias Comunitárias, tendo formação neste âmbito 37,0% dos Farmacêuticos. Conclusões: A prática de Cuidados Farmacêuticos e/ou Acompanhamento Farmacoterapêutico encontra-se aquém do desejável nos Concelhos em estudo, surgindo como principais dificuldades à sua implementação a falta de adesão dos utentes e a escassez de Farmacêuticos disponíveis. Apesar da formação dos Farmacêuticos neste campo ser adequada para as necessidades actuais face ao número de Farmácias Comunitárias que desempenham estes serviços, a fasquia deverá ser mais elevada de modo a garantir que a quase totalidade de Farmácias se encontre em condições de tentar oferecer cuidados de saúde diferenciados às populações que servem.
Descrição: Dissertação de mest., Ciências Farmacêuticas, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Univ. do Algarve, 2010
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/2408
Designação: Mestrado em Ciências Farmacêuticas
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Monografia vs6.pdf1,33 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.