Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/2726
Título: A eficácia da formação em contexto de trabalho: exploração do efeito no desenvolvimento de competências
Autor: Jacob, Cláudia Patrícia Colaço dos Santos
Orientador: Saúde, Sandra
Palavras-chave: Aprendizagem ao longo da vida
Avaliação da formação
Transferência das aprendizagens
Desenvolvimento de competências
Data de Defesa: 2011
Resumo: A presente tese tem como principal objectivo compreender o contributo da formação para o desenvolvimento de competências, e para a melhoria do desempenho individual dos participantes, complementarmente pretendeu-se identificar os factores que intervêm na transferência da formação para o contexto de trabalho. Partindo da acção de formação “O Auxiliar de Acção Educativa na construção de uma Escola de Qualidade”, que procurava dotar as auxiliares de acção educativa, de um conjunto de competências genéricas de carácter interpessoal. O estudo assumiu segundo modelo teórico de base, o modelo de avaliação da transferência das aprendizagens de Holton e Bates (2002), validado para a realidade portuguesa por Velada (2007), e adaptado às características do estudo, que assume a influência de quatro factores (características dos formandos, design da formação, motivação e as características do trabalho), na transferência da formação. Utilizaram-se como técnicas de recolha de dados o LTSI – Learning Transfer System Inventory, entrevistas semi-estruturadas às chefias directas e a observação directa. Os principais resultados indicam que a transferência da formação está relacionada com a auto-eficácia de desempenho, a preparação prévia dos formandos, a motivação para transferir, a percepção da validade de conteúdo e o design de transferência. Por outro lado, o feedback de desempenho, os resultados pessoais negativos e os resultados pessoais positivos, são apontados como os principais inibidores da transferência. No referente ao desenvolvimento de competências, parece que as assistentes operacionais desenvolveram as competências inerentes à acção de formação, mobilizando-as para a instituição escola, fomentando uma maior eficácia e eficiência em situações de interacção social. As correlações obtidas sugerem que as características pessoais, a motivação e o design da formação, parecem que influenciam positivamente o desenvolvimento de competências, o contexto organizacional surge como o único factor que parece não influenciar positivamente o desenvolvimento de competências. Em suma, e assumindo em consideração os resultados obtidos no estudo, é dedutível que a aprendizagem de adultos é um processo onde as competências são construídas activamente, apelando à experiência e a práticas reflexivas, que dependem dos próprios sujeitos.
Descrição: Dissertação de mest., Ciências da Educação e da Formação (Educação e Formação de Adultos - 2.º Ciclo), Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2011
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/2726
Designação: Mestrado em Ciências da Educação e da Formação. Especialização em Educação e Formação de Adultos
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A Eficácia da Formação em Contexto de Trabalho.pdf1,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.