Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/2776
Título: Amendoim – A «Noz Subterrânea». Cultivo em Aljezur.
Autor: Duarte, Amílcar
Palavras-chave: Dieta mediterrânica
Data: 2008
Editora: Camâra Municipal de Aljezur
Citação: Duarte, A.M.M. 2008. Amendoim – A «Noz Subterrânea». Cultivo em Aljezur. Al-Rihana, 4:23-41
Resumo: A planta do amendoim é um prodígio da natureza. Conhecido pelo cidadão comum como um fruto seco semelhante às nozes, amêndoas, avelãs, pistácios e outros, o amendoim tem uma origem completamente diferente. Todos os outros crescem em árvores ou arbustos. O amendoim é produzido por uma planta herbácea, rasteira e ainda tem a particularidade de crescer enterrado no chão. Parece que a planta esconde aquele fruto extraordinário, saboroso e delicado. Fruto que é utilizado na alimentação humana, essencialmente torrado, mas que também serve como matériaprima para a extracção de óleo, para a produção de plástico ou no fabrico de rações para animais. Cultivado em muitos países, precisa de verões quentes e gosta de terrenos arenosos. Não sendo uma cultura importante em Portugal, chegou a sê-lo em Aljezur, zona onde encontrou tudo aquilo de que necessitava. Surgiu e desapareceu, como as suas flores amarelas que rapidamente se transformam em fruto escondido na terra.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/2776
Aparece nas colecções:FCT4-Vários

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2008-Amendoim-Revista Al-Rihana.pdf1,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.