Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/2891
Título: A implementação do método activity based costing: o caso do serviço de ortopedia do Hospital de Faro
Autor: Nunes, Carlos Manuel Pera
Orientador: Peixinho, Rúben
Major, Maria João Martins Ferreira
Palavras-chave: Sistema de custeio ABC
Sistema tradicional de custos
Hospitais
Grupo de diagnóstico homogéneo
Data de Defesa: 2012
Resumo: A década de noventa marca o início de importantes reformas conducentes à modernização da Administração Pública Portuguesa. Diversos organismos públicos têm implementado novas abordagens contabilísticas no sentido de aprofundarem o controlo orçamental e o cumprimento da legalidade. Estas novas abordagens revelam-se também fundamentais para a produção de informação relevante na tomada de decisão, nomeadamente no apuramento e análise de custos associados a serviços e atividades. O setor da saúde merece atualmente particular atenção devido ao peso das despesas deste setor e ao aumento verificado nos últimos anos. Esta dissertação estuda o apuramento de custos no serviço de Ortopedia do Hospital de Faro através da comparação entre o método tradicional e o método Activity-Based Costing (ABC). O método ABC foi introduzido no Hospital de Faro devido às críticas existentes quanto aos métodos tradicionais de apuramento de custos, tendo sido desenvolvido através de uma parceria entre o Ministério da Saúde e uma consultora internacional tendo por base o exercício económico de 2007. O método de investigação adotado neste trabalho foi o estudo de caso por possibilitar o entendimento de uma realidade complexa através da utilização de diversas técnicas de recolha de dados. Os resultados revelam que o método ABC permite ao serviço de Ortopedia do Hospital de Faro, apurar os custos por doente tratado para os 50 Grupos de Diagnóstico Homogéneos (GDHs), com base nas atividades inerentes à produção destes serviços. Estes valores são fundamentais para concluir que existe um défice de financiamento dos Hospitais com base nos preços definidos na Portaria n.º 567/2006, uma vez que 34 dos 50 GDHs são cobrados abaixo dos custos estimados pelo método ABC. Por outro lado, o estudo conduzido possibilitou ao investigador aperceber-se da existência de diversas deficiências ao nível da implementação do método ABC, nomeadamente a fraca adaptação do modelo à realidade do Hospital de Faro e o pouco envolvimento dos responsáveis da instituição, bem como dificuldades na escolha dos cost drivers de recursos e de atividades.
Descrição: Dissertação de mest., Contabilidade, Faculdade de Economia, Univ. do Algarve, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/2891
Designação: Mestrado em Contabilidade
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação PDF.pdf2,26 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.