Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/2932
Título: Estilos de aprendizagem de estudantes de enfermagem do 1º ciclo de estudos: a influência da família e dos estilos de vida na forma preferencial de aprender
Autor: Branco, Nuno Sérgio Machado Domingues
Orientador: Nave, Filipe Gamboa
Palavras-chave: Estilos de aprendizagem
Cultura organizacional da família
Estilos de vida
Estudantes de enfermagem
Data de Defesa: 2010
Resumo: O presente estudo foi desenvolvido visando determinar e analisar a influência da Cultura Organizacional da Família e dos Estilos de Vida nos Estilos de Aprendizagem dos Estudantes do 1º Ciclo de Estudos de Enfermagem. Estudo de cariz quantitativo realizado a 331 indivíduos. O instrumento de colheita de dados foi constituído pela caracterização sócio-demográfica dos sujeitos em estudo, pelo Questionário Honey-Alonso de Estilos de Aprendizagem, o Inventário da Cultura Organizacional da Família e o Questionário de Atitudes e Comportamentos de Saúde “O Meu Estilo de Vida”. Os sujeitos em estudo manifestaram uma preferência pelo Estilo Reflexivo, seguido pelo Estilo Teórico. Concluiu-se haver relação estatisticamente significativa entre o Estilo de Aprendizagem Reflexivo e o Ano de Curso, a Profissão do Pai e o Rendimento do Agregado Familiar e entre o Estilo de Aprendizagem Activo o Ano de Curso e o Local de Residência. Verificou-se que o estilo preferencial de aprender é sensível à Cultura da Família, reforçando o papel da Família como matriz dos processos de aprendizagem, relacionando-se também com o Estilo de Vida, realçando a ideia de estratégias de intervenção centradas no indivíduo e na Família. Observou-se também, uma relação significativa entre os Estilos de Vida e os Estilos de Aprendizagem. Reconhecer o estilo preferencial de aprender poderá ser fundamental no desenvolvimento de ambientes propiciadores da aprendizagem. O reconhecimento de estilos menos desenvolvidos obriga a estratégias que promovam o seu desenvolvimento expandindo a capacidade de aprender em qualquer ambiente de aprendizagem. Fica evidenciada a relação entre o estilo de vida e o desenvolvimento de hábitos e estratégias de aprendizagem reguladas pelos contextos, ficando patente que qualquer um destes processos se inicia no seio da família, matriz da aprendizagem humana, onde o indivíduo desenvolve a sua identidade, adquirindo os padrões de comportamento fundamentais para o seu desempenho em sociedade.
Descrição: Dissertação de mest., Ciências da Educação (Educação e Formação de Adultos), Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2010
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/2932
Designação: Mestrado em Ciências da Educação. Educação e Formação de Adultos
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Mestrado Sérgio Branco.pdf2,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.