Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/2933
Título: Influência de descargas de água subterrânea na concentração de nutrientes e comunidade planctónica do sapal de Castro Marim, Vila Real de Santo António (SE, Portugal)
Autor: Brito, R.
Orientador: Chícharo, Luís
Palavras-chave: Aquífero
Descargas de água doce
Sapal
Nutrientes dissolvidos
Fitoplâncton
Zooplâncton
Data de Defesa: 2011
Resumo: O sapal de Castro Marim é um ecossistema que se encontra dependente das trocas que efectua com o estuário do Guadiana. A construção da barragem do Alqueva em 2003 foi responsável por alterações hidrológicas ao provocar variações ao nível do caudal do rio, que por sua vez influenciou o balanço de nutrientes e a dinâmica planctónica. Neste contexto, a contribuição de fluxos de água subterrânea na manutenção do equilíbrio deste ecossistema deve ser considerada e avaliada. Com o objetivo de caracterizar o fluxo de nutrientes associado à descarga do aquífero de Monte Gordo e posterior avaliação da influência na qualidade da água e na comunidade planctónica do sapal de Castro Marim, foram realizadas amostragens no inverno de 2008 e primavera de 2009. Recolheram-se oito amostras, ao longo do esteiro da Lezíria, para a análise de nutrientes dissolvidos e composição, abundância e biomassa planctónica. Foi observada a existência de uma correlação positiva, através da Análise de Componentes Principais, entre o silicato e o nitrato e as estações junto ao ponto de descarga do aquífero. Foram ainda estabelecidas correlações positivas entre estes dois nutrientes e a concentração de clorofila a (chl a). A análise CLUSTER e MDS efectuadas revelaram a maior similaridade, em termos de composição, das estações mais afastadas do ponto de descarga, facto que realçou a influência da entrada de água salgada neste ecossistema. As análises efectuadas evidenciaram a existência de um fluxo de nutrientes (sílica e azoto) associado à descarga do aquífero. Esta fonte de nutrientes parece influenciar a concentração de chl a junto ao ponto de descarga das águas subterrâneas. Contudo a existência de uma correlação entre estas descargas e a composição planctónica não foi tão evidente, devido à acção do ciclo de maré.
Descrição: Dissertação de mest., Biologia Marinha, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Univ. do Algarve, 2011
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/2933
Designação: Mestrado em Biologia Marinha
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese capa finalissima_1_.pdf29,41 kBAdobe PDFVer/Abrir
tese finalissima_ parte I.pdf152,81 kBAdobe PDFVer/Abrir
Tese finalissima corr.pdf1,71 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.