Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/3005
Título: Perspectivas sobre a modelação matemática no ensino: as experiências de Portugal e do Brasil
Autor: Pais, António Júlio Nunes
Orientador: Amado, Nélia
Carreira, Susana Paula Graça
Palavras-chave: Modelação matemática
Educação matemática
Portugal
Brasil
Metodologias de ensino
Data de Defesa: 2011
Resumo: Este estudo é de índole eminentemente teórica e propõe-se fazer uma análise interpretativa das trajectórias pedagógicas e epistemológicas que têm vindo a ser percorridas, na educação matemática, no âmbito da introdução da modelação matemática nos currículos e nas práticas lectivas em dois países de língua portuguesa, Portugal e Brasil. Apresenta-se uma perspectiva histórica das tendências curriculares internacionais e examina-se o lugar e o papel que é dado à relação entre a Matemática e a realidade no ensino e aprendizagem da Matemática e faz-se uma síntese de um conjunto de perspectivas actuais sobre a inclusão da modelação matemática no ensino. A partir da revisão de trabalhos de autores portugueses de referência e de autores brasileiros igualmente preponderantes nesta área, dá-se a conhecer um conjunto de projectos e de direcções que têm vindo a ser preconizadas nos dois países. Reconhecem-se, em cada um dos dois países considerados, as características próprias de cada um dos movimentos em sintonia com os respectivos contextos socioculturais. O estudo é complementado com a procura de evidências provenientes das visões académicas de quatro peritos (dois portugueses e dois brasileiros) acerca da integração da modelação matemática no ensino da Matemática. Estes investigadores foram entrevistados, através de entrevistas estruturadas e a análise de conteúdo dos seus testemunhos foi efectuada. Com base nos dados obtidos nas quatro entrevistas, foi possível concluir que as tendências actuais em Portugal e no Brasil têm diferenças significativas, parecendo ser mais assertiva a defesa da modelação matemática no Brasil, enquanto metodologia de ensino e enquanto via de desenvolvimento do currículo e facilitadora das aprendizagens dos alunos nos ensinos básico, secundário e superior. No caso português, a modelação matemática tende a ser mais facilmente enquadrada no ensino secundário e superior, sendo pensada como uma componente curricular importante mas não tanto como uma metodologia ou orientação curricular de fundo.
Descrição: Dissertação de mest., Didáctica e Inovação no Ensino das Ciências (Matemática), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Univ. do Algarve, 2011
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/3005
Designação: Mestrado em Didáctica e Inovação no Ensino das Ciências. Matemática
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
capa tese.pdf342,79 kBAdobe PDFVer/Abrir
TESE Júri e Agradecimentos.pdf364,23 kBAdobe PDFVer/Abrir
TESE_AJ_FINAL.pdf901,06 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.