Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/3095
Título: Sexualidade lúdica em contexto turístico: o caso da concentração motard de Faro
Autor: Lança, M.
Orientador: Correia, Antónia
Coelho, Bernardo Marques Soares da Cruz
Palavras-chave: Sociologia
Turismo
Concentração de motas
Sexualidade
Data de Defesa: 2012
Resumo: O sexo e o romance fazem parte da vida quotidiana, mas tendem a ser mais proeminentes durante as férias. O turismo também faz parte das necessidades humanas e representa uma ruptura com a rotina do dia-a-dia. A relação entre turismo, sexo e romance tem sido estudada ao longo dos anos, permitindo uma maior compreensão do que motiva os turistas. No entanto, um consenso sobre o efeito moderador do sexo e do romance sobre a decisão de viajar ainda não existe. O ambiente também é uma variável importante para activar estes prazeres. Esse é o motivo pelo qual esta pesquisa incide sobre um evento lúdico onde a liberdade e os shows eróticos podem contribuir para atrair turistas, cujas principais motivações são o sexo e o romance. Com efeito, este estudo pretende analisar o tipo de prazeres que os turistas procuram quando decidem participar na Concentração Motard de Faro. Recorrendo aos mixing methods, foi aplicado numa primeira fase um questionário a uma amostra representativa de 449 turistas nacionais e estrangeiros. O questionário tem 26 questões derivadas da literatura sobre motivações e atitudes dos turistas, especialmente focadas nos comportamentos sexuais em férias e durante o evento. Para validar esta recolha de dados, foram realizadas na segunda fase 18 entrevistas em profundidade (16 a motards e duas a informantes privilegiados). Os resultados desta investigação sugerem que os visitantes da Concentração Motard de Faro não têm os mesmos comportamentos em férias. Distinguem-se dois clusters: um viaja com motivações sexuais/românticas e o outro viaja com motivações de diversão/socialização. Os resultados sugerem também que os comportamentos dos turistas dependem do género, levantando pistas importantes para a análise sociológica, nomeadamente sobre a relação entre género e sexualidade. Além disso, os comportamentos em férias não diferem dos que são adoptados no evento, significando que o sentido de fuga/evasão contribui mais do que o ambiente para a ocorrência de relações sexuais ou românticas. Finalmente, este estudo defende que quem viaja com motivações sexuais/românticas avalia o destino de forma mais positiva e apresenta uma maior intenção de retorno. Além disso, o evento não contribui directamente para melhorar as relações estabelecidas, sendo esta a consequência de um desejo intrínseco.
Descrição: Dissertação de mest., Sociologia (Mobilidades e Identidades), Faculdade de Economia, Univ. do Algarve, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/3095
Designação: Mestrado em Sociologia. Mobilidades e Identidades
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sexualidade Lúdica em Contexto Turístico_ O Caso da .pdf3,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.