Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/3244
Título: O potencial dos sites de redes sociais no desempenho das pequenas e médias empresas da região do Algarve
Autor: Belo, Ana
Orientador: Fernandes, Silvia Brito
Palavras-chave: Pequenas e médias empresas
Internet
Redes sociais
Desenvolvimento económico
Algarve
Data de Defesa: 2011
Resumo: A evolução da internet com a web 2.0 criou novas oportunidades para as PME, entre as quais se destacam os sites de redes sociais. O objectivo da presente dissertação é analisar o potencial destas redes como ferramenta de desempenho das PME da região do Algarve, tendo sido efectuado um questionário para o efeito. O estudo empírico realizado revela que os dados recolhidos (de 70 empresas) possuem boas qualidades psicométricas. Foi validado que já existe por parte de algumas empresas uma estratégia integrada com as redes sociais, bem como um grupo de pessoas dentro da empresa responsáveis pelo seu envolvimento nestas redes. Os dados mostram que as actividades mais beneficiadas são: comunicar com os clientes, estar mais perto de possíveis clientes e marketing. Contudo, ficou demonstrado que as empresas utilizam as redes sociais para outras actividades como: analisar a concorrência, padrões de comportamento, conhecer tendências, cooperação, fidelização, internacionalização, lançamento de concursos, de novos produtos, notoriedade da marca, novos negócios, pedido de opinião, pesquisa, procurar ideias, recrutamento. Porém, são poucas as PME que estão a utilizar as redes sociais nas actividades de promoções e assistência técnica. A maioria dos empresários/directores/gestores considera que as redes sociais potenciam o desempenho das suas empresas, mas poucos medem os resultados desse envolvimento. Foi validado que as empresas que mais frequentemente acedem às redes sociais são as de empresário/director/gestor com maior nível de habilitações. Os resultados mostram ainda que as empresas que mais utilizam estas redes são as dos sectores de serviços e hotelaria/restauração/bar, embora algumas PME destes sectores não tenham uma presença significativa. Procedeu-se a uma análise categórica de componentes principais, a qual identificou duas dimensões ou tipologias de redes sociais: redes sociais de interacção produto-cliente e conhecimento; e redes sociais de potencial para marketing. Uma análise suplementar, a análise hierárquica de clusters (com recurso ao método de agrupamento WARD), identificou três grupos ou padrões de PME com diferente grau de envolvimento nas redes sociais: cluster Social Tec Grau 1; cluster Social Tec Grau 2 e cluster Social Tec Grau 3. Estas análises vieram validar os resultados acima descritos, indicando uma abordagem metodológica sustentável a aplicar. Foi realizado neste trabalho um outro questionário a utilizadores (230 casos), resultando daí as seguintes informações: é expressiva a percentagem que gosta de sugerir o envio de novidades (novos produtos) aos amigos nas redes sociais; a grande maioria dos utilizadores acede às redes sociais todos os dias ou várias vezes ao dia; as acções mais praticadas por estes são ver/enviar mensagens e procura de conhecimento (novos conteúdos); e as actividades de criar blog ou desenvolver páginas da internet são pouco significativas. Os resultados demonstram ainda que as redes sociais funcionam com maiores benefícios para os utilizadores do que os elementares de conhecer pessoas do sexo oposto ou ter curiosidade sobre outras pessoas.
Descrição: Dissertação de mest., Economia da Inovação e Empreendedorismo, Faculdade de Economia, Univ. do Algarve, 2011
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/3244
Designação: Mestrado em Economia da Inovação e Empreendedorismo
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese mestrado Ana Belo.pdf1,62 MBAdobe PDFVer/Abrir
anexo2Qpme.pdf239,51 kBAdobe PDFVer/Abrir
anexo2Quti.pdf254,62 kBAdobe PDFVer/Abrir
anexo3.jpg2,41 MBJPEGThumbnail
Ver/Abrir
anexo4.pdf30,71 kBAdobe PDFVer/Abrir
anexo5.pdf420,65 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.