Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/3267
Título: A cultura organizacional, o marketing interno e o impacto na satisfação dos colaboradores
Autor: Marafuga, Patrícia Manuela Evaristo
Orientador: Santos, Joana Vieira dos
Palavras-chave: Cultura organizacional
Marketing interno
Satisfação profissional
Data de Defesa: 2012
Resumo: Com as mudanças sociais, políticas e económicas que se têm vindo a sentir nas últimas décadas é necessário alterar comportamentos de modo a que o fator humano assuma o papel no contexto organizacional para que a tão desejada competitividade e produtividade seja alcançada. Neste contexto, o estudo das temáticas da Cultura Organizacional, Marketing Interno e da Satisfação no Trabalho em contexto organizacional, procurou compreender de que forma a determinação das orientações da Cultura Organizacional sobre o Marketing Interno e a influência destes sobre a Satisfação dos ativos humanos, é uma mais valia para uma organização e ainda de que forma promove a produtividade, o sucesso profissional e pessoal dos ativos humanos. Nesta investigação objetivou-se avaliar as relações existentes entre a Cultura Organizacional, Marketing Interno e Satisfação no Trabalho, numa amostra constituída por 171 colaboradores a exercerem funções em quatro empresas de sectores de atividade diferentes (administração pública, saúde, financeiro e ainda comércio de retalho). Os dados foram recolhidos através de um instrumento constituído por três escalas: a versão portuguesa da Escala da Cultura Organizacional – FOCUS – First Organizational Culture Unified Search (Neves, 2000), a Escala de Marketing Interno (Lings & Grennley, 2005) e a Escala de Satisfação Profissional (Lima, Vala, & Monteiro, 1994). Foram também registadas variáveis demográficas categorizadoras dos inquiridos. Os resultados obtidos sugerem que a Cultura Organizacional não é determinante na predição tanto do Marketing Interno como da Satisfação no Trabalho, quando analisada de forma isolada. No entanto, quando introduzimos a Cultura Organizacional e o Marketing Interno, o poder preditivo sobre o nível de Satisfação Profissional aumenta significativamente entre os ativos humanos. De um modo geral, todos os sectores de atividade primam por uma cultura de objetivos com uma criação de informação informal que proporciona uma satisfação profissional elevada, sobretudo na relação e colaboração entre colegas e no trabalho realizado por cada indivíduo.
Descrição: Disertação de mest., Psicologia Social e das Organizações, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/3267
Designação: Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação.pdf2,09 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.