Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/3496
Título: Educação sexual na deficiência mental
Autor: Vargem, Inês Isabel dos Reis
Orientador: Martins, Maria Helena
Palavras-chave: Psicologia da educação
Deficiência mental
Sexualidade
Educação sexual
Educação pré-escolar
Data de Defesa: 2012
Resumo: Este estudo teve como principal objetivo analisar os conhecimentos dos indivíduos com Deficiência Mental (DM) no âmbito da sexualidade. Pretendeu-se ainda comparar esses conhecimentos com os conhecimentos que detêm os indivíduos normativos. A amostra total do estudo foi constituída por 63 participantes (N=63), 30 indivíduos com DM e 33 indivíduos normativos estudantes do curso de Psicologia. O instrumento utilizado para a recolha dos dados relativos ao conhecimento que os participantes detêm no âmbito da sexualidade foi o Questionário de Conhecimentos sobre a Sexualidade (QCS), uma adaptação do questionário desenvolvido por Sanchez e Nabal (2008) para um projeto em curso e não publicado ainda. Os resultados obtidos com este estudo permitiram demonstrar que os indivíduos com DM possuem efetivamente menor nível de conhecimentos que os indivíduos normativos relativamente à temática da educação sexual, demonstrando possuir um nível de conhecimentos reais classificado como insuficiente. Os resultados permitiram perceber ainda que neste estudo o género sexual dos participantes nos dois grupos não está associado a um nível mais ou menos elevado de conhecimentos, assim como a idade e religião dos participantes, as habilitações académicas dos pais, o facto de ter ou não parceiro atualmente e o facto de ter frequentado algum tipo de formação em educação sexual. O estudo permitiu ainda verificar que não existe maior incidência de casos de abuso sexual nos indivíduos com DM assim como não demonstram maior frequência de comportamentos masturbatórios ou menor frequência no estabelecimento de relações sexuais com penetração. Verificou-se ainda que os indivíduos com DM utilizam com regularidade os métodos contracetivos, tal como a população normativa e que à semelhança desta os métodos mais utilizados são o preservativo e a pílula contracetiva. As implicações e descobertas deste estudo são discutidas no artigo bem como as respetivas sugestões para investigações futuras.
Descrição: Dissertação de mest., Psicologia da Educação, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/3496
Designação: Mestrado em Psicologia da Educação
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao de Mestrado Educacao Sexual na Deficiencia Menta.pdf926,03 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.