Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/3507
Título: Minoria do ghetto: o teatro do oprimido no bairro Horta da Areia
Autor: Martins, Vânia Dias
Orientador: Lucio-Villegas, Emilio
Palavras-chave: Sociologia da educação
Educação social
Teatro
Opressão
Comunidades
Ciganos
Data de Defesa: 2012
Resumo: Este é o resultado de um estudo etnográfico centrado num grupo de 8 jovens do Bairro de Emergência Horta da Areia, em Faro e a sua participação numa atividade desenvolvida no Centro Comunitário do bairro, o teatro do oprimido (T.O.). O grupo é constituído por 8 jovens entre os 13 e os 17 anos, que vivem no bairro da Horta da Areia, frequentam o centro comunitário e que, enquanto grupo de teatro, se denominam por Minoria do Ghetto. Espacialmente o bairro encontra-se situado na periferia da cidade de Faro e muitas das dificuldades que os 8 jovens enfrentam advém do facto de viverem num bairro pobre que, estrutural e socialmente, enfrenta constrangimentos difíceis de ultrapassar (localização espacial, condições de habitabilidade, forte estigma social do bairro, mais o facto de alguns pertencerem a famílias ciganas). Posto isto, procurou-se compreender de que forma o T.O., um teatro participativo, interventivo e político, vem influenciar a vida de cada um dos elementos deste grupo de jovens, assim como qual a importância que vários momentos que resultam deste tipo de atividade (ensaios, apresentações de peças, etc.) tem para os mesmos ao nível das suas aprendizagens e da sua valorização pessoal e social. Centrouse portanto em perceber o que lhes suscita interesse no T.O. e o que significa o teatro para si, mas também que mais-valias retiram daí para a sua vida e se essas poderão de alguma forma dar-lhes ferramentas que lhes permitam melhor lidar com alguns dos constrangimentos de viver no bairro. Permitiu perceber que as questões ciganas têm um impacto significativo tanto no bairro quanto nas vidas dos jovens participantes no estudo, mas também que o T.O. é uma ferramenta que acrescenta aspetos positivos e significativos às suas vidas, pela diversidade de experiências e aprendizagens que lhes trás.
Descrição: Dissertação de mest., Educação Social, Escola Superior de Educação e Comunicação, Univ. do Algarve, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/3507
Designação: Mestrado em Educação Social
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO_VDMartins.pdf668,6 kBAdobe PDFVer/Abrir
1. Introducao.pdf4,29 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_I.pdf58,81 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_II.pdf73,62 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_III.pdf92,34 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_IV.pdf68,78 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_V.pdf19 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_VI.pdf29,21 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_VII.pdf17,03 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_VIII.pdf17,5 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_IX.pdf17,59 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_X.pdf1,24 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_XI.pdf7,76 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_XII.pdf260,49 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_XIII.pdf89,3 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_XIV.pdf258,97 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_XV.pdf398,36 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo_XVI.wmv314,65 MBUnknownVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.