Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/3538
Título: Representações sociais e atitudes face ao autismo
Autor: Castela, Catarina Andrade
Orientador: Martins, Maria Helena
Palavras-chave: Psicologia da educação
Autismo
Atitudes
Inclusão social
Data de Defesa: 2013
Resumo: Ao longo das últimas décadas, a legislação que regulamenta a inclusão de alunos com deficiência nas escolas regulares tem vindo a ser objeto de transformações significativas no sentido da implementação de uma Escola para Todos. Neste sentido, a temática das Perturbações do Espectro do Autismo tem merecido um crescente interesse da parte dos investigadores, sobretudo relacionada com a inclusão destes alunos no ensino regular. O presente estudo tem como objetivo investigar as representações sociais e atitudes de uma amostra de estudantes universitários e de população em geral face à educação e inclusão de alunos com Perturbações do Espectro do Autismo no sistema regular de ensino. Atendendo a que as representações sociais refletem a forma como orientamos a nossa atitude que, por sua vez, afeta e influencia o nosso comportamento, conhecer o que pensam estudantes universitários e população em geral sobre a inclusão educativa de alunos com esta problemática assume-se com especial relevância no sentido de desmistificar alguns estigmas e promover um maior debate e sensibilização. Através de uma metodologia descritiva-correlacional e a utilização de um questionário sobre o desenvolvimento e educação destes alunos, os resultados obtidos apontam para o facto de não existirem diferenças significativas entre as populações estudadas, no que respeita às representações sociais e atitudes face ao autismo. Assinale-se que, não obstante a maioria dos resultados em termos do posicionamento face ao desenvolvimento e inclusão de crianças com autismo vá ao encontro do que é descrito na literatura e estudos anteriores, evidenciando representações bastante inclusivas, é possível verificar que permanecem ainda algumas representações sociais pré-concebidas e não científicas e que podem interferir na educação destes alunos.
Descrição: Dissertação de mest., Psicologia da Educação, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2013
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/3538
Designação: Mestrado em Psicologia da Educação
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Catarina Castela.pdf1,39 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.