Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/3567
Título: O impacto da adoção do SNC nas empresas portuguesas de construção e de comércio por grosso
Autor: Serrenho, Carmem Isabel Tiago
Orientador: Fernandes, Joaquim Sant'Ana
Gonçalves, Cristina Isabel
Palavras-chave: Contabilidade
Normalização
Situação económica
Transição
Impacto económico
Mercado de capitais
Data de Defesa: 2012
Resumo: Em 1 de janeiro de 2010 entrou em vigor um novo modelo de normalização contabilística - Sistema de Normalização Contabilística (SNC) - que veio revogar o Plano Oficial de Contabilidade (POC) e legislação complementar. O SNC é um modelo de normalização assente mais em princípios do que em regras explícitas e que se pretende, em sintonia com as normas internacionais de contabilidade emitidas pelo International Accounting Standards Board (IASB) e adotadas na União Europeia (UE) criar um corpo coerente com a Quarta Diretiva e a Sétima Diretiva, principais instrumentos de harmonização no domínio contabilístico na UE. Com a intensa globalização de mercados e economias, o atual normativo contabilístico aplicado em Portugal, permite atenuar as diferenças existentes com outros países, designadamente da UE, em termos de relato económico-financeiro, nomeadamente na informação relativa à situação financeira, ao desempenho das entidades e respetivas alterações. Na transição de POC para SNC, as entidades sujeitas ao SNC deviam preparar um balanço de abertura de acordo com as Normas Contabilísticas e de Relato Financeiro (NCRF), e este foi o primeiro passo dado, e serviu para comparativo das primeiras demonstrações financeiras de acordo com as NCRF. Analisou-se o impacto da aplicação da primeira vez das normas do SNC nos capitais próprios do balanço de abertura do ano de 2009, das entidades cuja atividade se insere na construção e no comércio por grosso, concluindo-se a existência de impactos significativos nas rubricas dos intangíveis, inventários e passivo, assim como nos rácios de endividamento, solvabilidade e autonomia financeira. Consideram-se relevantes estes resultados pela importância atribuída pelos utilizadores a estes indicadores e pela necessidade de acautelar a interpretação de séries de dados que incluam períodos com normas contabilísticas distintas.
Descrição: Dissertação de mest., Contabilidade, Faculdade de Economia, Univ. do Algarve, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/3567
Designação: Mestrado em Contabilidade
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação.pdf694,97 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.