Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/401
Título: A palinologia ao acesso de todos?: estudo comparativo de duas técnicas de análise de sedimentos
Autor: Dias, Lúcia Maria Jacinto
Orientador: Pais, João
Veiga-Pires, C.
Palavras-chave: Teses
Palinologia
Técnica de preparação
Ácido fluorídrico
Hexametafosfato de sódio
Quaternário
Portugal
Data de Defesa: 2006
Resumo: A palinologia compreende o estudo dos palinomorfos (microfósseis que apresentam uma membrana orgânica, resistente ao ácido fluorídrico). A forma mais corrente de os extrair a partir de sedimentos é a utilização de ácidos fortes (fluorídrico e clorídrico); este procedimento implica a existência de condições laboratoriais específicas, dificultando a sua generalização. No entanto, a utilização de hexametafosfato de sódio (Calgon®) apresenta-se como uma técnica alternativa aos ácidos fortes. Este trabalho teve por objectivo comparar a eficácia destas duas técnicas no tratamento e análise de palinomorfos a partir de sedimentos do Quaternário. Foram processadas 14 amostras de uma sondagem realizada no estuário do rio Arade (P6), estas apresentaram poucos palinomorfos e muito alterados, justificando o processamento de mais 6 amostras, retiradas de uma sondagem realizada num afluente do rio Guadiana (CM5). A todas foram aplicadas ambas as técnicas. Na técnica do Calgon® este foi adicionado às amostras para permitir a desfloculação das argilas que foram eliminadas por decantação. Na técnica dos ácidos fortes as amostras foram atacadas com HCl e HF, eliminando a fracção mineral por dissolução. Às amostras do Guadiana foi adicionado um marcador exótico (Lycopodium clavatum). Os resultados no Calgon® de concentração de palinomorfos por grama apresentam valores mais elevados que os do HF, em especial nos pólenes. Mas, a percentagem de recuperação é muito baixa. Estes resultados permitem afirmar que a extracção de palinomorfos recorrendo a esta técnica é viável e constitui uma boa alternativa ao método do HF. É importante salientar que o seu protocolo tem que ser aferido, para melhorar os resultados da percentagem de recuperação.
Descrição: Dissertação mest., Biologia e Geologia, Universidade do Algarve, 2006
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/401
Designação: Mestrado em Biologia e Geologia. Especialização em Educação
Aparece nas colecções:UA01-Teses



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.