Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/4367
Título: Ensino profissional na escola secundária: gestão adequada a um resultado mais eficaz
Autor: Jerónimo, Maria Teresa Pinto da Luz
Orientador: Quintas, Helena
Palavras-chave: Gestão escolar
Currículos
Gestão curricular
Cursos profissionais
Data de Defesa: 2012
Resumo: O ensino profissional no nível secundário é, atualmente, uma das alternativas à conclusão do 12º ano, à abertura ao mercado de trabalho e à entrada na universidade. Com entrada em vigor da Lei nº 85/2009 de 27 de Agosto, num panorama de 12 anos de escolaridade obrigatória, importa assegurar estratégias de ensino consensuais, objetivas e justas, isto é, adaptadas a todos os alunos. A gestão adequada a um resultado mais eficaz no sistema de ensino, tem sido almejada no sentido de aperfeiçoar os cursos de ensino profissional, embora, como refere Santos (1999), a escola seja uma instituição com uma missão e um conjunto de objetivos próprios que são diferentes dos de uma empresa. O presente estudo, de caráter exploratório, teve como propósito entender o fenómeno educativo e formativo dos cursos profissionais, bem como dos seus contextos, para ajustar o currículo às situações e interesses dos alunos e das empresas. Para isso, o principal objetivo foi conhecer as expectativas que, destes cursos, têm os alunos, a escola e as empresas, pretendendo-se clarificar o seu entendimento quanto ao “perfil” de um profissional. Os resultados revelaram que o recurso a materiais e equipamentos que proporcionem atividades de carácter manual ou manuseável é uma necessidade premente, bem como o investimento numa gestão curricular que solicite a interdisciplinaridade, enquanto estratégia de integração, articulação e reflexão sobre os próprios conhecimentos. Apurámos, ainda, a valorização da formação em contexto de trabalho, condição assinalada pelos atores como fundamental para a integração profissional. No campo das representações, foi evidente a coincidência entre alunos, professores e monitores das empresas, que consideraram a necessidade dos cursos profissionais como uma via para melhorar as perspetivas de vida. Por outro lado, revelou-se que a cultura escolar tradicional, fortemente regulamentada e normalizada, tem as suas próprias dificuldades em gerir os processos atuais de relacionamento com o mundo, com as ideias e situações emergentes ao nível dos comportamentos. Em síntese, o estudo reforça a escola enquanto instituição em constante processo de mudança, e deteta uma intencionalidade na procura de soluções à medida que se vai aprendendo com a experiência.
Descrição: Dissertação de mest., Ciências da Educação e da Formação (Gestão e Administração Educacional), Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2012
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/4367
Designação: Mestrado em Ciências da Educação e da Formação. Especialização em Gestão e Administração Educacional
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Final.pdf3,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.