Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/468
Título: A qualidade de vida em doentes com coxartrose artroplastia total da anca: suporte social e estratégias de coping
Autor: Floro, Cassilda da Conceição Tareco Afonso
Orientador: Gonçalves, Gabriela Maria Ramos
Palavras-chave: Teses
Psicologia da saúde
Qualidade de vida
Suporte social
Coping
Data de Defesa: 2007
Resumo: O presente estudo foi realizado com o objectivo de analisar o impacto do suporte social e estratégias de coping sobre a percepção subjectiva de bem-estar e qualidade de vida dos doentes com coxartrose e artroplastia total da anca, bem como identificar as variáveis que podem influenciar estas relações, e de que forma. A amostra desta investigação é constituída por 74 inquiridos com coxartrose e artroplastia total da anca, respectivamente, cuja média de idades é de 70.50 anos, de dois hospitais e de uma clínica médica. Os dados foram recolhidos através de um instrumento constituído por três escalas: o Questionário de Avaliação da Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde: SF-36 (36-Item Short-Form Health Survey), adaptado por Pais Ribeiro (1994), a Escala de Satisfação com o Suporte Social, Pais Ribeiro (1999), o Questionário de Estratégias de Coping, adaptado por Ribeiro e Santos (2001) e um Questionário Demográfico. Os resultados sugerem que os doentes com artroplastia total da anca apresentam uma melhor qualidade de vida. É possível afirmar que a condição coabitação (só vs acompanhado) não interfere na qualidade de vida. Verificamos que no Suporte Social, os doentes com cirurgia, referem a satisfação com os amigos, intimidade e satisfação com a família. Os doentes sem cirurgia manifestam maior satisfação com as actividades sociais comparativamente aos doentes com cirurgia. Ao nível das estratégias de coping, os doentes com cirurgia recorrem mais a estratégias de coping que os doentes sem cirurgia. De um modo geral, estes resultados demonstraram que a condição cirurgia tem influência na qualidade de vida, suporte social e estratégias de coping. Porém, persiste a necessidade de aprofundar, teórica e empiricamente, os conhecimentos sobre esta temática.
Descrição: Dissertação mest., Psicologia, Universidade do Algarve, 2007
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/468
Designação: Mestrado em Psicologia. Especialização em Psicologia da Saúde
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Principal.pdf1,25 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.