Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/5028
Título: Manuel de Arriaga e o «Movimento das Espadas»
Autor: Mesquita, José Carlos Vilhena
Palavras-chave: Manuel de Arriaga
República e Republicanismo
Data: Abr-1982
Editora: Publicações Projornal Ldª
Resumo: Personalidade relevante, com um carácter antidinástico a todos os títulos notável, Manuel de Arriaga procurou esforçadamente, logo após o 5 de Outubro de 1910, a conciliação de todos os portugueses com o novo regime acabado de implantar. A República era encarada, na época, como a «cura de todos os males de que enfermava a Nação», e esse era o ideal, e a esperança, do velho tribuno republicano. «Tendo passado toda a vida a procurar a República foi procurado por ela para seu Procurador», no Verão de 1911, sendo então eleito como primeiro Presidente da República Portuguesa. Era a justa homenagem prestada ao mais ancião dos republicanos. Todavia, a incompreensão dos políticos e o clima de desordem partidária, que se fez sentir com o desmembramento do Partido Republicano Português (PRP), ditaram o seu afastamento da presidência da Nação, depois de ter sido considerado traidor e fora-da-lei por destacados vultos da vida política nacional.
Descrição: Artigo científico sobre o golpe de estado conhecido conhecido pelo «Movimento das Espadas» que depôs o presidente Arriaga e colocou em perigo a continuidade da democracia e da República em Portugal.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/5028
Aparece nas colecções:FEC2-Artigos (em revistas ou actas indexadas)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Manuel de Arriaga e a República.pdf3,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.