Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/5069
Título: Maturação orgânica da Bacia Algarvia. Resultados preliminares e implicações para a prospecção de hidrocarbonetos
Autor: Fernandes, Paulo
Rodrigues, B.
Borges, Marisa
Matos, Vasco
Palavras-chave: Bacia Algarvia
RUIVO-1
Maturação orgânica
Maturação orgânica
Dinoflagelados
Hidrocarbonetos
Data: 2010
Editora: GEOTIC – Sociedade Geológica de Portugal
Citação: Fernandes, Paulo; Rodrigues, B.; Borges, Marisa; Matos, Vasco. Maturação orgânica da Bacia Algarvia. Resultados preliminares e implicações para a prospecção de hidrocarbonetos, Trabalho apresentado em VIII Congresso Nacional de Geologia, In Revista Electrónica de Ciências da Terra Geosciences On-line Journal, Braga, 2010.
Resumo: A sondagem RUIVO-1, localizada na região imersa da Bacia Algarvia, foi estudada com a finalidade de se caracterizar o grau de maturação e conhecer as idades das unidades litológicas com base na bioestratigrafia dos dinoflagelados. O estudo do poder reflector da vitrinite indica que a sucessão do Mesozóico está matura em relação à “janela do petróleo”. Por outro lado, os dinoflagelados evidenciaram a presença de uma espessa sucessão do Caloviano, discordante sobre os depósitos evaporíticos do ?Triásico-Hetangiano. Um dinoflagelado característico do intervalo Toarciano-Aaleniano ocorre reciclado nos sedimentos do Caloviano. Este estudo é um contributo para melhorar o conhecimento da parte imersa da Bacia Algarvia e auxiliar em futuros trabalhos de prospecção de hidrocarbonetos.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/5069
ISSN: 1645-0388
Versão do Editor: http://metododirecto.pt/CNG2010/index.php/vol/article/view/218
Aparece nas colecções:CIM4-Vários



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.