Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/5115
Título: Nova gestão escolar em autonomia: parcerias e mudanças nos projectos educativos
Autor: Fernandes, Cláudia Patrícia Conceição
Orientador: Carreira, Teresa Pires
Palavras-chave: Gestão escolar
Administração escolar
Projetos educativos
Mudança
Autonomia
Parcerias
Data de Defesa: 2012
Resumo: Este trabalho de investigação consiste numa dissertação de Mestrado no domínio das Ciências da Educação e da Formação, no âmbito da especialidade em Gestão e Administração Educacional, subordinando-se ao tema Nova Gestão Escolar em Autonomia - Parcerias e Mudanças nos Projectos Educativos. O presente trabalho teve como objectivos centrais contribuir para a compreensão do fenómeno do aumento da autonomia nas escolas e efeitos produzidos pelas alterações mais recentemente introduzidas, abordando-se o tema na perspectiva dos docentes, tendo para isso utilizado uma amostra de docentes que leccionam em escolas algarvias. O que se propõe analisar não é a implementação do Contrato de Autonomia em si, mas todo um modelo (político) que pretende atribuir autonomia às escolas (mesmo aquelas que não implementam este Contrato) e perceber o que pensam os docentes deste aumento de autonomia. Numa primeira abordagem, é feita uma delimitação teórica e conceptual acerca da temática da autonomia e suas consequências nos projectos educativos de escola, bem como uma análise do fenómeno das parcerias existentes nas escolas actuais, englobando a complexidade de fenómenos que dessas relações poderão advir. Na segunda fase desta investigação, apresenta-se um estudo empírico realizado no âmbito do tema, incluindo-se considerações de ordem metodológica inerentes ao processo e resultados obtidos, apresentando uma análise das concepções actuais acerca do tema Autonomia e da sua necessidade e consequências no actual contexto escolar, na perspectiva dos docentes. A investigação realizada permitiu concluir que todo este processo deverá integrar-se no conceito de projecto educativo a nível local, que permita a relocalização da escola no seu contexto espacial e comunitário. A escola, enquanto organização aprendente deverá saber integrar-se no meio e gerir com eficácia a existência de um tecido de relações sociais complexas. Um projecto educativo de dimensões locais pode abrir caminho à definição de uma política educativa local, inserindo-a numa perspectiva de desenvolvimento da comunidade, através da articulação entre serviços e promovendo a gestão integrada dos recursos existentes. É através das novas relações que se estabelecem entre a escola e o meio, que se pode esperar a renovação da escola, de forma a torná-la mais apta a responder às necessidades dos indivíduos e das sociedades actuais.
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/5115
Designação: Mestrado em Ciências da Educação e da Formação
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de Mestrado -- versão final - Cópia.pdf2,1 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.