Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/592
Título: Efeito do cloro no desenvolvimento e na tiróide da Tilápia Moçambicana (Oreochromis mossambicus)
Autor: Bicho, Rita C.
Orientador: Power, Deborah
Canario, Adelino V. M.
Palavras-chave: Teses
Peixes
Cloro
Endocrinologia
Tiróide
Tilápia Moçambicana
Data de Defesa: 2009
Resumo: O cloro é um elemento que tem sido largamente utilizado na indústria desde o início do século XX. Uma das principais utilizações do cloro é na forma de hipoclorito de sódio (NaOCl) na desinfecção de águas de piscinas e tratamento de efluentes. Podendo por isso ser muito comum encontrar este desinfectante em descargas para o meio aquático. Contudo sabe-se muito pouco sobre os efeitos que este contaminante pode causar em populações animais dos sistemas aquáticos. Este estudo pretendeu verificar se a exposição ao NaOCl afecta o desenvolvimento larvar de uma espécie de peixe eurialina (Oreochromis mossambicus). Em particular, foram estudados os seus efeitos no desenvolvimento do esqueleto e na glândula tiróide. Foram conduzidas experiências em que larvas foram expostas ao NaOCl em várias concentrações durante 24h, logo após a eclosão ou a uma exposição contínua durante 21 dias. Posteriormente foram realizadas análises da morfologia externa e da ontogenia do esqueleto, histologia do tecido da tiróide e estudo da expressão de um gene envolvido no desenvolvimento do esqueleto (BMP2). Verificou-se que uma única exposição de 1mg/L NaOCl logo após a eclosão e uma exposição contínua de 0,01mg/L NaOCl durante 21 dias após eclosão, afectou a morfologia externa, provocou atraso na ossificação do esqueleto e redução na actividade da tiróide (hipotrofia dos tirócitos). Não se encontraram diferenças na expressão da BMP2. Em conclusão uma exposição curta (24h) ao NaOCl a uma concentração que facilmente poderá ser encontrada no meio aquático, afectou significativamente o desenvolvimento das larvas de Oreochromis mossambicus, tornando necessários estudos futuros para entender quais os mecanismos fisiológicos envolvidos e se estes efeitos na fase larvar poderão afectar o desenvolvimento em fases do crescimento posteriores.
Descrição: Dissertação mest., Biotecnologia, Universidade do Algarve, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/592
Designação: Mestrado em Biotecnologia
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese completa definitiva.pdf3,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.