Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/5988
Título: Análise comparativa dos tipos de isco utilizados na pesca do polvo comum, Octopus vulgaris Cuvier 1797, com armadilha de gaiola, na costa sul do Algarve (Portugal)
Autor: Taborda, Ana Rita de Azevedo
Orientador: Erzini, Karim
Palavras-chave: Pescas
Octobus vulgaris
Isco vivo
Caranguejo
Covos
Portugal - Algarve
Data de Defesa: 2012
Resumo: Em Portugal, a maior parte dos desembarques de Octopus vulgaris provém da pesca por artes de armadilha de gaiola. Estas foram sempre iscadas com isco morto, como a cavala (Scomber scombrus Linnaeus 1758), ou a sardinha (Sardina pilchardus Walbaum 1792). Nos últimos anos, porém, alguns pescadores recorreram à utilização de caranguejo–mouro ou verde (Carcinus maenas Linnaeus 1758) como isco, facto que gerou acesa controvérsia entre as comunidades piscatórias e esteve na origem de diversas alterações introduzidas à lei que regulamenta este tipo de pesca, ocorridas nos anos de 2010 a 2012. Este trabalho visa obter e analisar dados sobre as diferentes experiências desta pescaria e comparar a eficácia dos dois tipos de isco utilizados pelas frotas costeira e local da costa sul do Algarve. Os dados foram colhidos por aplicação de um questionário a 66 dos mestres e/ou proprietários das embarcações de ambas as frotas nessa região. E, por consulta de dados documentais oficiais, de 25 embarcações selecionadas, a partir das 66 iniciais. Através desses dados, procedeu-se à análise comparativa do esforço de pesca e das taxas de captura em função dos dois tipos de isco, de 2009 a 2011, utilizando o teste não paramétrico Kruskal–Wallis. Os resultados mostram que a maior parte dos inquiridos não é favorável à utilização de isco vivo na pesca do polvo com armadilhas de gaiola, e que existem algumas diferenças significativas no esforço de pesca e nas taxas de captura das embarcações da frota local, não se verificando diferenças nas embarcações da frota costeira.
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/5988
Designação: Mestrado em Aquacultura e Pescas (Pescas)
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Mestrado_-_Rita_Taborda_2012.pdf1,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.