Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/6950
Título: Um modelo para a melhoria da qualidade dos recursos humanos das autarquias locais
Autor: Campeã, Manuel
Orientador: Cândido, Carlos
Data de Defesa: 2004
Resumo: O completo desleixo a que foram votados nas últimas décadas, a actual complexidade da função pública e a imprevisibilidade no futuro, envolvem os Recursos Humanos das Autarquias Locais num mundo de incertezas e pouco encorajamento para acompanhar a evolução tecnológica e a transposição das barreiras para o mundo global com que nos temos de defrontar diariamente. Para inverter este curso coloca-se o problema: como gerir os Recursos Humanos das Autarquias Locais e que caminho seguir para o superar. O objectivo principal da presente dissertação é a apresentação e teste de um modelo de mudança, para dotar os R H. das A L com condições Qualidade Total para superar o problema. Este modelo traduz a necessidade de uma nova liderança capaz, responsável e honesta, que incuta uma cultura adequada, uma visão para o futuro, incentive o planeamento estratégico da comunicação, formação e habilitação para os novos desafios, que reconheça e avalie com clareza os trabalhos e objectivos perseguidos. A Investigação foi executada por meio de questionário, dirigido via correio ao universo dos responsáveis Autárquicos pela qualidade dos R H do Algarve. Foram recebidos 70 e validados 68 dos 142 inquéritos enviados, cujas questões incidiram sobre as variáveis provenientes do modelo nas suas vertentes mais relevantes, como a sua importância, adequabilidade à actualidade e o seu modo de gestão por parte dos inquiridos. Os resultados permitem fazer uma caracterização descritiva das variáveis, percebendo- se que os níveis de importância parecem constituir um indicador forte de confirmação de validação do modelo; também dos testes estatísticos se depreende a evidência da importância das variáveis do modelo. Infelizmente, é considerada menos importante a maneira como actualmente são geridas essas variáveis. Os factos identificados na investigação indicam que o problema proposto existe e que uma boa parte dos responsáveis autárquicos têm consciência das dificuldades de gestão. Conclui-se que o modelo, por intermédio das variáveis ou factores de sucesso, foi bem aceite e têm importância. As principais dificuldades na actual gestão são verificadas pelas limitações da lei em vigor e da própria formação dos responsáveis autárquicos.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Gestão Empresarial, Faculdade de Economia, Universidade do Algarve, 2004
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/6950
Designação: Mestrado em Gestão Empresarial
Aparece nas colecções:FEC1-Teses
UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Campeã 2004 Um modelo para a melhoria da qualidade dos RH das Autarquias.pdf1,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.