Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/7273
Título: Towards direct transdifferentiation of adult human cells to the pancreatic B-cell fate
Autor: Santos, Filipa Inês Rodrigues dos
Orientador: Tiscornia, Gustavo
Palavras-chave: Ciências biomédicas
Páncreas
Diabetes mellitus
Insulina
Glicémia
Data de Defesa: 2013
Resumo: Type 1 Diabetes mellitus (T1DM) is one of the most widespread metabolic disorders with epidemic dimension affecting almost 6% of the world’s population. Autoimmune reaction causes selective destruction of the insulin-producing β-cells within the pancreatic islets, leading to both acute and long-term complications. Daily insulin injections treat but no dot cure diabetes. Any progress in obtaining large number of transplantable insulin producing cells would be a major advance towards a cure for the disease. In order to create an alternative source of β-cells we are developing a method to transdifferentiate adult human cells to the beta cell phenotype by direct reprogramming mediated by forced expression of an optimized set of pancreas specific transcription factors. The underlying experimental rationale is that sequential or combinatorial ectopic expression of transcription factors can induce recipient cells to establish a β-cell regulatory state. We cloned a set of transcription factors known to be involved in pancreatic development into viral vectors and used them to transdifferentiate adult human cell types in conditions known to favor β-cell differentiation
A diabetes mellitus tipo 1 (DM1) é uma das alterações metabólicas mais comum a nível mundial, afectando quase 6% da população mundial. É uma doença auto-imune que tem como resultado a destruição das células β do pâncreas, produtoras de insulina. Caracteriza-se por hiperglicémia e insuficiência na produção de insulina, levando a complicações quer a curto quer a longo prazo. Não existe cura para a DM1. O único tratamento para os doentes com DM1 é a administração diária de insulina. No entanto, a administração de insulina está frequentemente associada a episódios graves de hipoglicémia, para além de que não previne o aparecimento das complicações crónicas associadas à doença, tais como a retinopatia diabética e a doença renal terminal. A obtenção em larga escala de células produtoras de insulina poderá ser um grande avanço para a cura da diabetes. Um dos métodos mais inovadores para a obtenção de células β é a transdiferenciação de células humanas adultas em células β produtoras de insulina, através da expressão ectópica de um conjunto de factores de transcrição que estão envolvidos no estabelecimento destas células. O procedimento experimental baseou-se na expressão ectópica destes factores de transcrição para induzir células humanas adultas a estabelecer o estadio regulatório que define as células β. Para tal, foi clonada uma coleção de factores de transcrição envolvidos no desenvolvimento pancreático em vectores virais. Estes vectores foram posteriormente utilizados na transdiferenciação de células humanas adultas em condições que favorecem a diferenciação das células β.
Descrição: Dissertação de mestrado, Ciências Biomédicas, Departamento de Ciências Biomédicas e Medicina, Universidade do Algarve, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/7273
Designação: Mestrado em Ciências Biomédicas
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
FilipaSantos_Thesis.pdf53,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.