Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/7368
Título: A Etnoarqueologia brasileira no contexto da redemocratização
Autor: Poloni, Rita Juliana Soares
Data: 2008
Editora: Universidade do Algarve, FCHS
Resumo: Ao tentar compreender a relação existente entre a produção artefactual humana e o meio no qual determinada comunidade se insere ou a relação existente entre esta produção e a geração de conhecimento, significado, identidade ou poder para tais comunidades, o trabalho do arqueólogo está sempre em alguma medida ligado à analogia. Como tentar compreender o significado ou função de determinado artefacto sem haver alguma correlação entre este e outros já conhecidos? Ou, como tentar apreender a importância destes artefactos para as suas comunidades produtoras e/ou consumidoras, ou o contexto social e ideológico nos quais esses mesmos artefactos são produzidos, reproduzidos, valorizados e divulgados, sem haver nenhuma referência, por menos generalizável que seja, de contextos em alguma medida semelhantes? É neste ponto que a Etnoarqueologia toma importância num cenário científico que se abre às possibilidades de conhecer comunidades humanas que vivem – ou que já viveram – sob contextos sociais e ecológicos largamente diversos do modo de vida Ocidental, criando analogias que sirvam não só para o conhecimento arqueológico destes próprios povos como de outros a respeito dos quais, possam servir em alguma medida, de parâmetro comparativo.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/7368
ISSN: 1645-8052
Aparece nas colecções:PMT-N06

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PROM06_pp361-380.pdf132,69 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.