Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/769
Título: Concepções e práticas em contextos de diversidade
Autor: Mestre, Paula Cristina Félix Pereira de Carvalho
Orientador: Cardoso, Carlos
Palavras-chave: Teses
Educação infantil
Diversidade
Identidade
Aprendizagem
Data de Defesa: 2007
Resumo: Com este estudo pretendeu-se identificar as concepções dos professores acerca da diversidade dos alunos e do impacto de tal diversidade nos processos de gestão do currículo. Nesse sentido foi identificada a relevância atribuída pelos sujeitos do estudo a diversos factores identitários, as suas preferências em relação à composição social, étnica e cultural das turmas e, consequentemente, o impacto da diversidade dos alunos da turma na qualidade das aprendizagens e nos processos de gestão do currículo. Neste aspecto foram identificados os objectivos mais valorizados na gestão do currículo e as estratégias privilegiadas face a essa diversidade, incluindo a aprendizagem cooperativa. O estudo envolveu uma amostra de trinta e oito professores de quatro escolas públicas do 1º Ciclo do Ensino Básico da região da Grande Lisboa. Foi utilizada uma metodologia quantitativa e qualitativa, centrando-se a recolha de dados na realização de questionários, entrevistas a dois professores da amostra e em observações em contexto de sala de aula. Os resultados obtidos permitem afirmar que os professores valorizam os factores identitários embora com graus distintos não tendo isso sido confirmado pelos inquiridos, tendo estes desvalorizado a sua influência na qualidade das aprendizagens. Os professores afirmam imprimir mudanças curriculares em consequência da diversidade étnica, social e cultural da turma embora encontrem nesta gestão alguns constrangimentos. Um grupo significativo considera a diversidade como um factor vantajoso e destaca a relevância do conjunto de objectivos que se prendem com o domínio pessoal. As entrevistas revelaram a existência de dois níveis de discurso, um de carácter teórico e geral, baseado em princípios de direitos humanos como a igualdade e outro mais concreto tendo como referência as práticas dos entrevistados em contextos reais de sala de aula. As estratégias/ atitudes que afirmam promover distanciam-se daquelas que caracterizam a aprendizagem cooperativa.
Descrição: Dissertação mest., Ciências da educação - Educação de infância, Universidade do Algarve, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/769
Designação: Mestrado em Ciências da Educação. Especilaização em Educação de Infância
Aparece nas colecções:UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese final_.pdf819,87 kBAdobe PDFVer/Abrir
capa3.pdf28,99 kBAdobe PDFVer/Abrir
capa2.pdf27,12 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.