Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/822
Título: Análise das capturas de concursos de pesca desportiva na Costa Algarve
Autor: Guerreiro, Ana Isabel Camacho
Orientador: Veiga, Pedro
Palavras-chave: Teses
Pesca desportiva
Recursos pesqueiros
Gestão
Pescadores
Portugal
Data de Defesa: 2007
Resumo: O presente trabalho teve como objectivo o estudo da abundância, biomassa e diversidade das capturas de concursos de pesca desportiva na Costa Algarvia, nomeadamente, através de uma monitorização, que decorreu entre 24 de Fevereiro e 16 de Junho de 2007, em 4 praias Algarvias, e pela análise dos registos destes concursos realizados em 21 locais, entre 1995-2007. Durante a sub-amostragem dos campeonatos, foram realizados inquéritos aos participantes, e identificados, pesados e medidos, cada um dos exemplares pertencentes às capturas de alguns participantes. Identificaram-se 13 taxa pertencentes a 8 famílias, sendo os taxa principais Belone belone, Mugilidae e Scomber spp. Amostraram-se 564 exemplares, correspondendo a biomassa total a 79.75 Kg, com uma captura média por pescador de 0.6 Kg (± 0.5), encontrando-se este valor bem distante do limite máximo de captura diária legal, pelo que demonstra a ineficácia desta medida, dado não estar a limitar as capturas. A análise de similaridades demonstrou haver uma semelhança significativa entre os índices CPUEn e CPUEp médio dos taxa capturados na praia da Lota – Manta Rota, para os campeonatos da FPPD, demonstrando uma certa especialização quanto às espécies capturadas pelos mesmos e/ou uma composição específica desta praia diferente. A análise de variância demonstrou haver uma diferença muito significativa (p <0,0001) entre o CPUEn e CPUEp médio entre Provas da Associação Regional de Pesca Desportiva do Algarve (ARPDA) e Federação Portuguesa de Pesca Desportiva (FPPD) (AF), e as Provas privadas de Clubes (PP). Cada um dos campeonatos AF e PP, apresentaram também diferenças muito significativas (p <0,0001) entre praias e entre anos a nível do CPUEn e do CPUEp médio. Observaram-se diferenças entre o L50 das espécies capturadas e o seu respectivo TML e TMP, salientando-se Dicentrarchus labrax, com quase todos os seus exemplares abaixo do seu respectivo L50, e constituindo a maioria das rejeições, para a praia da Rocha Baixinha no mês de Março. Foram propostas algumas medidas para uma melhor gestão e protecção dos recursos explorados.
Descrição: Dissertação de mest., Biologia Marinha (Ecologia e Conservação Marinha), Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente, Universidade do Algarve, 2007
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/822
Designação: Mestrado em Biologia Marinha. Especialização em Ecologia e Conservação Marinha
Aparece nas colecções:UA01-Teses



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.