Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/9808
Título: Recensão a Jacques Rancière, os intervalos do cinema
Autor: Soares, Ana Isabel
Palavras-chave: Jacques Rancièr
Data: 2013
Editora: Universidade de Lisboa
Resumo: (Quando li pela primeira vez um ensaio de Jacques Rancière, lembro-me, pensei em Sebastião da Gama. Não é tão distante o tiro: a ideia de saber, em Gama, é a ideia daquilo que procura o mestre desconhecedor. Mas talvez o que mais tivesse aproximado aquelas duas figuras, na minha leitura, fosse um certo posicionamento, de ambos, perante o que pretendem conhecer. As explorações da sala, de cada um dos rostos dos seus alunos, fazem de Gama o “incapaz como tal” que constitui o explicador no relato sobre a “aventura intelectual” de Joseph Jacotot, tal como Rancière a narrou no começo de O Mestre Ignorante.)
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/9808
ISSN: 2183-1343
Versão do Editor: http://formadevida.org/aisoaresfdv1/
Aparece nas colecções:CAC3-Livros (ou partes, com ou sem arbitragem científica)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
FdV_6_Rancière.pdf96,13 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.