Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/10617
Título: Correlatos neuronais no reconhecimento de emoções faciais em humanos
Autor: Sousa, Ricardo José Rebelo de
Orientador: Rodrigues, João
Palavras-chave: Expressões faciais
Córtex virtual
Unidades de acção
Extracção faces
Data de Defesa: 2009
Resumo: A interacção inteligente entre computadores e humanos é um campo emergente que tem como foco especial a robótica e os interfaces. A comunicação humana é feita “cara-acara,”baseada em emoções e no que elas representam e significam, assim a forma ideal para criar um sistema de comunicação homem-máquina será utilizar as expressões faciais nessa comunicação, tanto na parte da sua interpretação como na da modelização pela máquina. Neste trabalho estamos interessados na primeira parte (interpretação), bem como nos correlatos neuronais que estão por detrás dessa interpretação. Apresentamos assim, a base para um sistema automático de reconhecimento de expressões faciais que irá classificar seis expressões (alegria, tristeza, surpresa, medo, repulsa e raiva), tendo como pano de fundo atributos corticais. O sistema baseia-se na detecção e isolamento da face usando a cor da pele, seguida de sua normalização tendo por base atributos corticais multi-escala, neste caso pontos-chave. Também com atributos multi-escala, agora linhas e arestas, será classificada a expressão facial (foco da dissertação), tendo em conta novas regras baseadas no posicionamento destes atributos e nas suas polaridades, tudo combinado com as Unidades de Acção propostas por Paul Ekman. As regras criadas, contemplarão as tendências de uma arquitectura topdown (do genérico para o pormenor, das baixas para as altas escalas) das relações neuronais, e as intensidades esperadas nos movimentos. As expressões serão comparadas com o neutro e até à classificação final, serão apresentadas duas categorizações de expressões faciais, com um intuito de caracterizar a expressão apresentada com maior fiabilidade, pois cada subclassificação só utiliza a categoria de expressões que de si fazem parte. É também proposta uma arquitectura cortical ainda num estado embrionário para todo o processo com as respectivas correlações neuronais.
Descrição: Dissertação de Mestrado, Engenharia Eléctrica e Electrónica, especialização em Tecnologias da Informação e Telecomunicações, Instituto Superior de Engenharia, Universidade do Algarve, 2009
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/10617
Designação: Mestrado em Engenharia Eléctrica e Electrónica
Aparece nas colecções:ISE1-Teses
UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ricardo Sousa 12991 Tese Mestrado.pdf8,96 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.