Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/1526
Título: La tradición oral en el antiguo testamento. Aproximación al legado de los patriarcas
Outros títulos: Aproximación al legado de los patriarcas
Autor: Camarena, Julio
Data: 2003
Editora: Centro de Estudos Ataíde Oliveira
Resumo: Há muito que, graças a diversos investigadores (Frazer, Gaster, Patai, etc.), se sabe ter o texto da Bíblia chegado até nós cheio de episódios e motivos que aparecem também nas epopeias de outros povos vizinhos de Israel (o Grande Dilúvio, o menino no cestinho de vime, a Torre de Babel...), todas elas, em geral, anteriores à narrativa bíblica. Mas, deixando de lado a questão das datas e fontes do Pentateuco, assim como da sua relação com as epopeias limítrofes, é possível verificar também que existem episódios que estão, ao mesmo tempo, na Bíblia e na literatura oral moderna e, além disso, que certas passagens bíblicas aproveitaram sequências narrativas que existiam previamente na tradição oral, antes de passarem ao texto escrito. Esta incorporação efectuou-se não de forma inócua, mas sim de acordo com determinada função: validar e justificar origens e actuações. Mostrar este facto é o objectivo do presente artigo (o primeiro duma prevista série de três), em que tratamos sobretudo do episódio de Judá e Tamar (Gén. 38).
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/1526
Aparece nas colecções:ELO-N0910

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
9-10-Camarena.pdf451,21 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.