Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/505
Título: Contributo das saídas de campo na Lagoa dos Salgados para a identificação de indicadores de sustentabilidade
Autor: Costa, Homero Cabral Gonçalves da
Orientador: Oliveira, Maria Teresa Morais
Pires, Maria Sofia Júdice Gamito
Palavras-chave: Teses
Ensino
Biologia
Geologia
Desenvolvimento sustentável
Indicadores
Pesquisa
Ciência
Tecnologia
Sociedade
Ambiente
Algarve
Data de Defesa: 2008
Resumo: O presente estudo pretendeu avaliar a contribuição das saídas de campo na Lagoa dos Salgados para a aprendizagem do conceito de Desenvolvimento Sustentável, das competências, atitudes e valores a ele associadas, bem como a identificação e aplicação de Indicadores de Desenvolvimento Sustentável (no contexto ambiental). A opção metodológica esteve associada a um paradigma de investigação qualitativo com recurso a métodos quantitativos. Os instrumentos utilizados foram o inquérito por questionário e a observação participante. Os participantes da investigação foram alunos de duas turmas de oitavo ano de escolaridade, num total de 31 alunos. Estes dois grupos foram sujeitos a estratégias de ensino diferentes. Um dos grupos foi submetido a uma prática pedagógica de trabalho de campo inserido na saída de campo, segundo o modelo de Nir Orion (1996). A metodologia de Ensino Por Pesquisa com base construtivista foi utilizada num contexto CTSA. A estratégia aplicada ao outro grupo foi centrada no professor e não houve recurso a saída de campo. A ambas as turmas foram administrados inquéritos por questionário antes e imediatamente após a leccionação da unidade e à turma que vivenciou a saída foi-lhe ainda administrado um inquérito por questionário, destinado a avaliar atitudes. Constituíram os métodos de análise utilizados no tratamento dos dados a estatística descritiva e a análise de conteúdo. A análise dos resultados revelou que as respostas encontradas foram positivas, justificando a importância atribuída às saídas de campo utilizando o trabalho de campo no ensino das ciências, quando associado ao Ensino por Pesquisa e num contexto Ciência/Tecnologia/Sociedade/Ambiente. Pôde-se, também concluir a partir das competências, atitudes e valores evidenciados pelos alunos, que a saída de campo assume papel relevante na Educação para o Desenvolvimento Sustentável, uma vez que permite uma percepção e reflexão mais objectivas dos problemas locais, numa perspectiva global.
Descrição: Dissertação de mest., Biologia e Geologia, Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente, Universidade do Algarve, 2008
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/505
Designação: Mestrado em Biologia e Geologia. Especialização em Educação
Aparece nas colecções:UA01-Teses



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.