Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/6724
Título: Um contributo para o tratamento documental do fundo proveniente do antigo Magistério Primário de Faro
Autor: Santos, Idalina Lourenço da Silva
Orientador: Castro, Rosa
Mariano, Alexandra de Brito
Palavras-chave: Tratamento documental
Catalogação
Ensino
Manuais escolares
Ilustração
Data de Defesa: 2013
Resumo: O presente trabalho insere-se no âmbito da componente Estágio de Mestrado em Ciências Documentais - Especialidade em Bibliotecas e Documentação, da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve O seu conteúdo aspira ilustrar todo o percurso do estágio, nomeadamente as tarefas realizadas, enquadradas na atividade desenvolvida pela instituição de acolhimento - Biblioteca – Campus da Penha. Este trabalho pretende documentar os dois momentos do estágio, uma vez que, o mesmo foi dividido equitativamente, entre o atendimento e o tratamento documental. No primeiro momento, destinado ao atendimento do público, realizaram-se todas as tarefas inerentes a este serviço, designadamente, empréstimo/devolução/renovação, arrumação de estantes e pesquisa. O segundo momento direcionado para o tratamento documental de uma parte do fundo proveniente da Biblioteca da Escola do Antigo Magistério Primário de Faro. A seleção das obras, objeto de tratamento documental, foi feita com base na datação, características físicas dos documentos e nas suas particularidades, entre as quais, as encadernações, a pluralidade de formatos e as exuberantes ilustrações. Tratando-se de um fundo especial, praticamente desconhecido, não só porque fizeram parte do espólio de uma instituição, há muito extinta, mas também, por se tratar, em grande maioria, de manuais escolares, cujos conteúdos, atualmente, já não são válidos face às mutações ocorridas no ensino, ao longo de dois séculos. A maioria dos documentos tratados apresenta alguns critérios que os enquadram em Património Bibliográfico no âmbito da Lei nº 107/2001 de 8 de Setembro, pelo que, podem e devem ser Classificados como Bens Culturais de Interesse Público. No entanto, a fragilidade que evideciam provocada pela longevidade secular carece de tratamento especial de conservação, devendo-se, por isso, proceder à sua futura digitalização para disponibilização eletronicamente, preservando, assim, a sua integridade física. Com este estudo, pretende-se contribuir para ampliar o conhecimento do tipo de espécies bibliográficas que a biblioteca conserva, para, quiçá, num futuro próximo possa ser tratada por pesquisadores e eruditos, que almejem fazer a “História do Ensino do séc. XIX ao séc. XXI no Algarve”, abordando a evolução de algumas temáticas ou, eventualmente elaborar um estudo sobre as características das suas ilustrações e aspetos formais.
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/6724
Designação: Mestrado em Ciências Documentais (Bibliotecas e Documentação)
Aparece nas colecções:FCH1-Teses
UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
10_11_2013_Relatorio_Estagio_final.pdf6,63 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.