Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/6731
Título: Linguistic component of a charismatic leader appeal
Autor: Kovalchuk, Iaroslav
Orientador: Bravo, Maria Conceição
Palavras-chave: Linguagem
Discurso político
Carisma
Lideres
Retórica
Audiências
Contexto
Data de Defesa: 2013
Resumo: Though in the past charisma was perceived as something extraordinary, divine and irrational, nowadays the concept is treated as a psychological phenomenon, rooted in the leaders’ ability to persuade and motivate the followers. While charisma is not limited to the personality traits of a leader, but is rather an interplay between the characteristics of the leader, the followers and the context, certain psychological features and communication skills of the leaders serve as a starting point in forging a charismatic appeal. In our research we advocate the approach according to which different charismatic leaders have common psychological characteristics, which are reflected in the peculiarities of their discourse. Thus, the political speeches of charismatic leaders may as well contain common verbal patterns. The aim of our research is to identify these verbal patterns and use them in decoding universal personality characteristics of charismatic leaders. To meet the aim of our research, we have conducted psychological content analysis of 18 most significant political speeches of the most charismatic American presidents of the last 50 years, namely John F. Kennedy, Ronald Reagan and Barack Obama. In order to distinguish between charismatic and non-charismatic rhetoric, we have additionally analyzed 6 speeches of the least charismatic American president of the period – Gerald Ford. Psychological content analysis was complemented with the recommendations from critical discourse analysis, which allowed us to examine the influence of context and audience characteristics on the use of certain linguistic categories by charismatic leaders. We have employed our findings in developing the recommendations for speechwriters, which explain how specific frequencies of certain linguistic categories may enhance the perceptions of the leader’s extraversion, agreeableness, emotional stability and other Big Five personality traits by the audience. Finally, we draw the attention of speech-writers to the observation that the use of certain linguistic categories is context dependent and the type of the speech: inaugural address, candidate speech, university commencement address or speech delivered abroad – may require a more skillful and flexible use of these categories.
Ainda que no passado ‘carisma’ tenha sido visto como algo extraordinário, divino e irracional, hoje em dia, o conceito é tratado como um fenómeno psicológico, baseado na capacidade dos líderes em persuadir e motivar seguidores. Embora carisma não se limite aos traços de personalidade de um líder, representa uma interação entre as características do líder, dos seguidores e do contexto, sendo que certas características psicológicas e habilidades comunicativas dos líderes servem como um ponto de partida na formação de um apelo carismático. Na nossa pesquisa, suportamo-nos na teoria segundo a qual os diferentes líderes carismáticos têm certas características psicológicas em comum, que são refletidas nas peculiaridades dos seus discursos. Assim, os discursos politicos dos líderes carismáticos podem também conter os padrões verbais comuns. O objetivo da nossa investigação é identificar esses padrões verbais e usá-los para decifrar as características de personalidade, que são universais para os diferentes líderes carismáticos. Para alcançar o objetivo da nossa pesquisa, efetuámos a análise psicológica de conteúdo de 18 dos mais importantes discursos políticos dos presidentes norteamericanos considerados como sendo os mais carismáticos dos últimos 50 anos, noamedamente John F. Kennedy, Ronald Reagan e Barack Obama. A fim de distinguir entre a retórica carismática e não-carismática, também analisámos seis discursos do presidente menos carismático da época – Gerald Ford. A análise psicológica de conteúdo foi complementada com as recomendações da análise crítica do discurso, o que nos permitiu analisar a influência das características do contexto e do público sobre o uso de certas categorias linguísticas pelos líderes carismáticos. Empregámos os nossos resultados no desenvolvimento das recomendações para escritores/redatores de discursos, que explicam como as frequências específicas das certas categorias linguísticas podem aumentar as perceções de extroversão, afabilidade, estabilidade emocional e outros traços de personalidade (Big Five) do líder pelo público. Finalmente, chamámos a atenção de escritores de discursos para a observação de que certas categorias linguísticas dependem do contexto e do tipo de discurso: discurso inaugural, discurso do candidato, endereço universitário ou discurso proferido no exterior – o que pode exigir um uso mais habilidoso e flexível dessas categorias.
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/6731
Designação: Doutoramento em Ciências da Linguagem
Aparece nas colecções:FCH1-Teses
UA01-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Linguistic component of a charismatic leader appeal_final.pdf1,17 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.