Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/10864
Título: Os estabelecimentos da Ordem de Santiago em 1389
Autor: Oliveira, Luís Filipe
Palavras-chave: Ordens Militares
Hierarquia
Regra
Portugal
Conflitos
Data: 2014
Editora: Sociedad Española de Estudios Medievales
Citação: Luís Filipe Oliveira, "Os Estabelecimentos da Ordem de Santiago em 1389", Medievalismo. Revista de la Sociedad Española de Estudios Medievales, nº 24, 2014, pp. 307-319
Resumo: A publicação dos Estabelecimentos aprovados em 1389 pelo capíitulo geral da Ordem de Santiago que se reunira em Alcácer-do-Sal, entre 18 e 19 de Março, foi o ponto de partida para a análise das tensões que caracterizaram a vida interna da milícia entre data de aprovação daqueles estatutos e o ano de 1434, quando eles foram copiados para o Livro de Tombo do Concelho de Sesimbra, onde hoje se conservam. Além de darem testemunho das perturbações criadas pela ascensão ao trono de João I e pela guerra com Castela, e, sobretudo, pela conturbada eleição do mestre da milícia, o maior interesse dos capítulos então aprovados está na tentativa de normalizar a riqueza pessoal dos freires, muito antes de se adoptarem normas análogas em Castela. Não é certo, porém, que as decisões de 1389 tenham sido integralmente respeitadas, sendo provável, de resto, que a cópia dos Estabelecimentos para o Tombo de Sesimbra fosse uma forma de salvaguardar a legitimidade dos actos praticados ao abrigo das suas normas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/10864
ISSN: 1131-8155
Aparece nas colecções:FCH2-Artigos (em revistas ou actas indexadas)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
10 MEDIEVALISMO24-2.pdf1,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.