Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/6798
Título: Biology and hatchery production of Chamelea gallina, Spisula solida and Venerupis corrugata, to support restocking and stock enhancement programs
Autor: Joaquim, Sandra
Orientador: Chícharo, Luís
Gaspar, Miguel José Baptista
Palavras-chave: Aquacultura
Repovoamento
Mananciais
Incremento
Data de Defesa: 2013
Resumo: Despite the management measures introduced by the fisheries administration to adjust catches in order to ensure the conservation of the stocks, beds of Spisula solida, Chamelea gallina and Venerupis corrugata in Algarve show evident signs of depletion. To reverse this negative trends an active intervention may be necessary in order to restore the populations of those three species. The present thesis aimed to increase the knowledge on the biological processes and hatchery production of these species, to support future restocking/stock enhancement programs for wild stock management as well as to promote them as candidates for the shellfish aquaculture industry, encouraging the diversification in this activity. To achieve this objective, first the best founder population for aquaculture purposes was defined, for each species, in order to contribute to the conservation of the genetic variability of the target wild populations to be restocked. Thereafter, the optimal reproductive time of the species for artificial spawning induction in aquaculture was defined, based on the characterization of the reproductive cycle of the three studied species as well as its nutrient storage and exploitation strategy. Particular emphasis was given to the evaluation of any eventual relationships between the broodstock condition, oocytes quality and the larval viability of V. corrugata. The introduction of the new species C. gallina and S. solida in aquaculture was based on the existing Batch technology. However, the production of V. corrugata larvae was evaluated in an optimized laboratory-scale recirculating aquaculture system and compared with the traditional larval rearing system. Furthermore, a pilot experiment was designed to determine the feasibility of a stock-enhancement strategy, which consisted of transplanting individuals of S. solida from natural clam beds to a closed fishing area. Finally, the main results of this thesis encourage the diversification of aquaculture as a way to promote this activity and to support future restocking and stock enhancement programs for the target species.
A conservação dos recursos marinhos tem tido uma importância crescente ao longo do tempo. Contudo, nos últimos anos, temos assistido com grande preocupação ao declínio dos principais recursos em todo o mundo. Apesar das medidas de gestão introduzidas pela administração para ajustar as capturas, que visam a conservação dos mananciais, as populações de amêijoa-branca, Spisula solida, de pé-de-burrinho, Chamelea gallina e de amêijoa-macha Venerupis corrugata no Algarve mostram sinais evidentes de sobre-exploração. A acção sinergética da pressão exercida pela pesca com a taxa de crescimento elevada, o tempo de vida curto e a variabilidade no recrutamento destas espécies, levou a grandes flutuações inter-anuais na abundância dos mananciais, dificultando a sua recuperação natural. De forma a inverter esta tendência negativa e reconstruir as populações será necessária uma intervenção activa, e o estabelecimento de medidas de gestão dos recursos. A presente tese visou contribuir para a resolução deste problema, aprofundando o conhecimento da biologia e produção em maternidade destas espécies, por forma a contribuir para a sua promoção para a moluscicultura, incentivando a diversificação desta actividade e por forma a apoiar futuros programas de repovoamento ou aumento dos mananciais com indivíduos produzidos em maternidade. Para atingir este objectivo, foram identificadas as melhores populações para recolha dos reprodutores e o período reprodutivo óptimo das espécies para a indução artificial da postura. Posteriormente, este trabalho focou-se na introdução de S. solida e C. gallina como novas espécies em aquacultura e no incremento da produtividade e redução de custos na produção de pós-larvas de V. corrugata em maternidade. Foi igualmente efectuada uma experiência piloto de aumento dos mananciais de S. solida. Os reprodutores de C. gallina e S. solida foram recolhidos das populações selvagens alvo, por forma a promover a variabilidade genética dos indivíduos obtidos em maternidade e consequentemente, das populações selvagens alvo dos futuros programas de repovoamento ou aumento dos mananciais. Contudo, o mesmo não foi possível para V. corrugata, uma vez que a redução do tamanho da população da Ria Formosa não permitiu a obtenção de reprodutores. Assim, após a avaliação da variabilidade genética da população da Ria de Aveiro, verificou-se que esta era uma alternativa viável, uma vez que, por um lado, apresentava uma elevada plasticidade genética e por outro lado, as duas populações eram geneticamente similares. Os resultados obtidos no estudo do ciclo reprodutivo, bem como do consequente armazenamento e utilização das reservas energéticas mostraram que as três espécies apresentam estratégias reprodutivas diferentes. A amêijoa branca pode adoptar estratégias flexíveis em termos da gestão das reservas energéticas, e modificar a resposta reprodutiva quando ocorrem oscilações anormais na temperatura da água do mar. Esta flexibilidade reprodutiva tem implicações interessantes na produção, uma vez que permite a manipulação no acondicionamento dos reprodutores. C. gallina apresenta uma estratégia reprodutiva oportunista, enquanto V. corrugata é mais conservativa, contudo ambas as espécies têm um período natural de postura muito alargado e uma taxa de desenvolvimento gonadal elevada, o que permite a obtenção de larvas em maternidade, sem ser necessário um período de acondicionamento extenso com custos elevados de produção. Por outro lado, os resultados obtidos relativos à relação entre a condição dos reprodutores, a qualidade dos ovócitos e a viabilidade larvar de V. corrugata mostraram que é possível manipular os reprodutores por forma a obter múltiplas desovas anuais. A produção em maternidade das espécies C. gallina e S. solida foi possível com a tecnologia (sistema estático - Batch) e alimento tradicionalmente utilizados em maternidades de bivalves. Apesar de não haver constrangimentos que impedissem a produção de ambas as espécies, os resultados obtidos mostraram que C. gallina pode ser mais atractiva para a produção aquícola, bem como para programas de repovoamento. Esta espécie apresentou um período larvar curto e o efeito das reservas vitelinas fizeram-se sentir até à metamorfose, o que diminui significativamente o aparecimento de problemas durante o período larvar, bem como os custos associados à produção. A possibilidade de produzir juvenis desta espécie de uma forma fácil e económica, bem como a ausência de mortalidade nesta fase, faz de C. gallina um candidato à produção aquícola como um produto complementar ou alternativo da moluscicultura, bem como a acções de repovoamento. A produção de larvas de V. corrugata foi testada em sistemas aquícolas de recirculação (RAS) concebidos à escala laboratorial e comparada com a produção nos sistemas tradicionais (Batch). Os resultados obtidos neste estudo mostraram que a produção larvar desta espécie em RAS pode ser efectuada em altas densidades sem detrimento da sobrevivência, aumentando ainda a taxa de crescimento e diminuindo o tempo de cultura larvar. A produção em RAS possibilitará assim uma redução significativa dos custos, permitindo a produção em massa de pós-larvas, o que beneficia a espécie como um forte candidato à diversificação da actividade da moluscicultura na Ria Formosa e torna a recuperação das populações sobre-exploradas mais realista. A baixa fecundidade de S. solida observada neste estudo pode ser vista como problemática para a produção em maternidade. Face a este constrangimento, e num esforço de contribuir para reconstruir os mananciais sobre-explorados de S. solida, foi delineada uma experiência piloto que visou determinar a exequibilidade de um plano de acções para o aumento dos mananciais, que consistiu no transplante de indivíduos para zonas com interdição temporária de pesca. Os resultados obtidos mostraram que o aumento de indivíduos num local, aumenta o valor residual reprodutivo de cada amêijoa relativa à sua condição pré-transplante. Por outro lado, o transplante de indivíduos com um comprimento abaixo do tamanho mínimo legal de captura pode ser mais vantajoso, uma vez que, estes têm a oportunidade de desovar mais de que uma vez antes de serem capturados, contribuindo assim para o incremento da produção de larvas e para o consequente povoamento das áreas adjacentes. O transplante de indivíduos para áreas protegidas de pesca surge assim como uma boa estratégia de aumento de mananciais, que em conjugação com medidas de gestão do recurso pode contribuir para uma exploração sustentável dos bancos naturais de S. solida, na costa algarvia. Finalmente, os resultados obtidos nesta tese encorajam a diversificação da aquacultura como forma de promover esta actividade e de apoiar futuros programas de repovoamento e/ou aumento dos bancos naturais sobre-explorados, contribuindo para a gestão dos recursos.
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/6798
Designação: Doutoramento em Ciências do Mar, da Terra e do Ambiente (Tecnologia de Aquacultura)
Aparece nas colecções:UA01-Teses
CIM1-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
S_Joaquim PhD.pdf3,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.