Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/7148
Título: A reconstrução neoclássica de Santa Maria de Tavira
Autor: Correia, José
Data: 2006
Editora: Universidade do Algarve, FCHS
Resumo: A colina genética de Tavira, para além de outras hipotéticas situações urbanísticas ou arquitectónicas anteriores hoje ainda mal conhecidas, fora sem dúvida dominada na época muçulmana pela mesquita maior, espaço sagrado, referente simbólico e elemento ordenador da cidade islâmica. Dela restará porventura, como único elemento material, no todo ou em parte, o minarete, actual torre do relógio. Com esse dominante referente urbano a encontraram os cavaleiros de Santiago e assim a mantiveram através da tradicional refuncionalização dos espaços sagrados. A mesquita maior fora transformada em Matriz de Santa Maria, sob a invocação da Assunção como as principais igrejas da reconquista, nascendo então a divisão paroquial da cidade cristã nas duas freguesias de Santa Maria e Santiago esta só explicável pela transformação da mesquita menor.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/7148
ISSN: 1645-8052
Aparece nas colecções:PMT-N04

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PROM04_pp377-382.pdf267,08 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.