Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.1/6823
Título: Arid groundwater dependent ecosystem response to salinization processes in a coastal aquifer: deriving vegetation indicators of the aquifer condition
Autor: Aguilar Perez, Raquel
Orientador: Cabello, Javier
Chicharo, Luis
Palavras-chave: Geohidrologia
Águas subterrâneas
Qualidade da água
Zonas áridas
Vegetação
Salinização
Espanha
Data de Defesa: 2013
Resumo: To maintain the groundwater quality represents a critical concern because of the increasing levels of groundwater contamination globally. This goal is particularly important in arid zones, where due to the scarce rainfall the groundwater is a significant source of freshwater supply to society and ecosystems. Here we follow an ecohydrological approach to derive effortless indicators of the aquifers condition, based on the monitoring of phreatohytic vegetation, a particular case of Groundwater Dependent Ecosystems (GDEs). This is the case of Z.lotus a deciduous arid shrub from North of Africa and Southeast Spain. This study aims to relate the biological condition of Z. lotus with the groundwater condition to explore the feasibility for using vegetation indicators to inform about the salinization levels of groundwater in coastal aquifers. With this goal we: 1) evaluate the salinization levels of an aquifer from the Cabo de Gata-Níjar Natural Park, by wells sampling; 2) determine the brackish water distance gradient based on the use of Vertical Electrical Sounding (VES),the physiological condition of Z. lotus through leaf chemical analysis and spectral vegetation indices (NDVI and NDWI) along a salinity gradient. The results showed that the phreatic level, distance from the sea and therefore the salinity and freshwater available to GDE, are reflected in the leaf chemical composition of Z. lotus. However, salinity levels did not reflected clearly in vegetation greenness (NDVI) and vegetation water content (NDWI), probably because of Z. lotus showed salt tolerance within the range of salinity found in the aquifer. As a conclusion, we propose leaf ion concentration as a good indicator of groundwater salinization, while the spectral indices are good indicators of vegetation health but not for the groundwater salinization. Z.lotus is probably the only terrestrial GDE in the arid zones of Europe and its study is essential for the management and conservation of this ecosystem.
Manter a qualidade das águas subterrâneas constitui uma preocupação crucial devido aos crescentes níveis de contaminação dos lençois freáticos a nível mundial. Este tópico é particularmente importante nas zonas áridas, uma vez que as precipitações, que representam uma fonte importante de abastecimento de água doce subterrânea para a sociedade e para os ecosistemas, são escassas nas zonas áridas. Neste estudo utilizamos uma abordagem ecohidrológica para obter indicadores de esforço da condição dos aquíferos, com base na monitorização da vegetação freatófita, um caso particular de Ecossistemas Dependentes de Águas Subterrâneas (GDEs: Groundwater dependent ecosystems). Como exemplo de vegetação freatófita das zonas áridas analisou-se o Z.lotus que é um arbusto de folha caduca do Norte de África e Sudeste de Espanha. Este estudo teve como objetivo relacionar a estado biológico do Z. lotus com o estado das águas subterrâneas para explorar a viabilidade de utilização de indicadores de vegetação para informar sobre os níveis de salinização das águas subterrâneas dos aquíferos costeiros. Para isso: 1) avaliaram-se os níveis de salinização do aquífero do Parque do Cabo de Gata-Níjar Natural, através de amostragem de poços; 2) determinou-se o gradiente de distância de água salobra com recurso a uma sondagem elétrica vertical (SEV), a condição fisiológica do Z. lotus através da análise química foliar e os índices espectrais de vegetação (NDVI e NDWI) ao longo de um gradiente de salinidade. Os resultados mostraram que através da análise química das folhas de Z. lotus foi possivel determinar o nível freático, a distância ao mar, a salinidade e a água doce disponíveis para os GDEs. No entanto, os níveis de salinidade não se refletiram claramente no verdor da vegetação (NDVI) e no teor de água da vegetação (NDWI), provavelmente por Z. lotus apresentar tolerância ao sal dentro da gama de salinidade presente no aquífero. Em conclusão, recomendamos como bom indicador da salinização das águas subterrâneas a concentração de íons nas folhas. Em contrapartida, sugerimos que os índices espectrais de vegetação são bons indicadores da saúde da vegetação, mas não são bons para a quantificação da salinização das águas subterráneas. Z. lotus é provavelmente o único EDAS terrestre nas zonas áridas da Europa e o seu estudo é fundamental para a gestão e conservação deste ecossistema.
URI: http://hdl.handle.net/10400.1/6823
Designação: Mestrado em Ecohidrologia
Aparece nas colecções:FCT1-Teses
UA01-Teses
CIM1-Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ecohydrology thesis_Raquel Aguilar.pdf3,05 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.